VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sexta-feira, 27 de julho de 2012

SERIE VIDA E SAUDE: Atividades físicas

Imagem de DestaqueVocê sabia que em qualquer idade entre 30 e 80 anos a atividade física regular traz benefícios à saúde, como na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares? Porém, não se deve sair por aí fazendo todo e qualquer tipo de exercício. Precisamos aprender a respeitar o nosso corpo para que possamos usufruir dele da melhor forma possível.

Antes de iniciar qualquer programa de atividade física, todas as pessoas devem passar por uma avaliação médica, especialmente aquelas que pertencem ao grupo de risco, ou seja, sedentários, fumantes, obesos, pessoas com alimentação inadequada ou que tenham acima de 35 anos de idade.

Em certos casos, essas pessoas deverão realizar um teste ergométrico ou outros exames orientados pelo médico. A avaliação inicial é muito importante para que se possa orientar os exercícios de forma adequada e segura.

Do ponto de vista cardiovascular é importante que se dê ênfase à atividade aeróbica, como andar, pedalar e nadar. Se você não possui acompanhamento de um profissional de educação física, opte por caminhar.

Os exercícios aeróbicos são realizados em intensidade moderada, envolvendo grandes grupos musculares por um tempo mais prolongado, de 15 a 40 minutos.

A intensidade do seu trabalho é determinada por meio do teste ergométrico e da avaliação clínica e controlada da medição da freqüência cardíaca, que representa o número de batimentos do seu coração por minuto. Os exercícios não devem causar dor ou sensação de mal-estar. Caso isso ocorra, procure orientação especializada.

O perdão como fonte de conversão e de cura

O perdão que muito me fascina é o do pai que perdoa o filho pródigo (Lc 15,11-32), esse que pai que representa Deus. O filho pródigo volta para a casa do pai esperando encontrar ódio, ira, e outros sentimentos ruins, mas o seu pai nos mostra o tamanho da misericórdia de Deus, acolhendo-o e fazendo festa com a sua chegada, não quis nem saber por onde o filho andava, deu-lhe logo um abraço e uma festa.
Esse é um exemplo para nós de como perdoar, sem olhar para trás, somente amando. A Igreja nos ensina que: "Deus tem o poder de perdoar os pecados, mas transmite esse poder aos homens para que o exerçam em seu nome", Ele transmite esse poder aos homens justamente para que possamos crescer no amor. Devemos então sair do óbvio e praticar aquilo que intriga o mal, o perdão.
A maior dificuldade do ser humano é perdoar, primeiramente ele pensa na vingança, que é o que o mundo ensina. O perdão como fonte de cura é o que mais precisamos. Jesus Cristo é a contradição, ao invés da vingança; o perdão. E perdoar nos faz tão bem porque nos alivia, nos afasta do ódio. Mas, para que eu perdoe o outro é necessário que eu também perdoe a mim mesmo.
Urge então, fazer essa experiência e dar a Deus a chance de abrir as válvulas de nosso coração e "desprender" o perdão. Todos nós passamos por situações dolorosas que nos marcam muito, por isso ficamos magoados, são situações que envolvem pessoas, acontecimentos, e até mesmo chegamos ao ponto de magoarmos com Deus. A falta de perdão é como um coágulo dentro das veias do nosso coração: ele impede o fluxo de sangue, impede a graça de Deus. Para muitos de nós é difícil perdoar porque isso implica tocar nas feridas e mexer em situações dolorosas, implica abrir o coração e remexer no "lixão" da nossa vida.

50 mil pessoas são esperadas em evento preparatório para JMJ 2013

 Site oficial da JMJ Rio2013


Divulgação
Evento ''Preparai o Caminho'' acontece de 27 a 29 de julho no Maracanãzinho
Começa nesta sexta-feira, 27, o evento "Preparai o Caminho", no Rio de Janeiro, o último dos grandes eventos preparados para marcar a contagem regressiva de 1 ano para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Até domingo, 29, cerca de 50 mil pessoas devem passar pelo Maracanãzinho para vivenciar dias de alegria, com shows, Missas e momentos de reflexão. O objetivo é apresentar para a sociedade um pouco do que será a JMJ, marcada para os dias 23 a 28 de julho de 2013.

Os ingressos para o evento já estão esgotados, porém a TV Canção Nova fará a transmissão AO VIVO de todo o encontro. Serão mais de 27 horas de transmissão, em alta definição, a partir da Missa, às 19h, desta sexta-feira.  

As três Marias e Santa Maria Madalena



-

Quem ouve o nome "Maria Madalena", na maioria das vezes, lembra-se da mulher pecadora e de má vida do Evangelho. Poucos se recordam que dela foram tirados sete demônios (Luc. 8,2) e que ela foi perdoada de seus numerosos pecados (Luc. 7,47- Mar. 16,9).
Muitos ignoram que ela arrependeu-se do mal que praticou. Esquecem que ela viveu uma vida de penitente, que foi uma grande Santa. E que santificou-se por amar intensamente a Deus. Ninguém comenta que foi a propósito dela que Nosso Senhor disse: "Em verdade vos digo: em toda parte onde for pregado este Evangelho pelo mundo inteiro, será contado em sua memória o que ela fez". (Mat. 26,13)
E... quem tem nela um exemplo de virgindade e pureza? Vejamos um pouco da história de Santa Maria Madalena.
As trê Marias e Santa Maria Madalena
O Papa São Gregório Magno, foi um zeloso reformador da Igreja, foi quem estabeleceu regras para o canto e cerimônias litúrgicas na Igreja e tornou-se mais conhecido como o criador do Calendário Gregoriano. Alé disso ele foi também um grande estudioso da vida dos santos e das Escrituras Sagradas.
São Gregório Magno afirma que Maria Madalena, Maria de Betania e Maria pecadora, citadas no evangelho, são a mesma pessoa. Por isso mesmo é que Santa Maria Madalena é, entre as mulheres, a que mais tem seu nome citado nos Santos Evangelhos.
Ela nasceu em Magdala e viveu no século I. Conheceu Nosso Senhor, foi contemporânea de Nossa Senhora, dos Apóstolos, dos primeiros cristãos."E Lázaro (...) era seu irmão."(Jo. 11, 1-2). Ela era irmã de Santa Marta e de Lázaro, a quem o Mestre Divino ressuscitou. "Lázaro havia caído doente em Bethania onde estavam Maria e sua irmã Marta. Maria era quem ungira o Senhor com óleos perfumados e Lhe enxugara os pés com seus cabelos" durante um banquete do qual Jesus participava.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
GaudiumPress

A Fé da Igreja Apostólica nos Primeiros Séculos.



1) Considera agora qual deles é de maior valor: o pão dos anjos ou a Carne de Cristo, que é o corpo da vida.
Aquele maná vem do céu; este está acima do céu.
Aquele, do céu; este, do Senhor dos céus.
Aquele é corruptível, se guardado para o dia seguinte; este é totalmente imune de corrupção e quem o tomar piedosamente não poderá experimentar a corrupção.
Para aqueles brotou a água da pedra; para ti, o Sangue de Cristo.
Àqueles, por um momento, a água saciou; a ti o Sangue do Senhor refresca para sempre.
O povo antigo bebe e tem sede; tu, ao beberes, não podes mais sentir sede, pois, de fato, aquilo era sombra, enquanto isto é realidade
“. (Santo Ambrósio, século IV).
Eis, Amigos, a graça incomensurável dos sacramentos da Igreja, instituídos pelo Cristo nosso Deus: Eles nos dão de modo definitivo e real, nos gestos, palavras e símbolos do rito litúrgico, aquilo que era prefigurado na história do antigo povo de Deus! Sem liturgia não há cristianismo pleno e verdadeiro…
2) Coisa admirável o ter Deus feito chover o maná para sustentar com o alimento celeste os patriarcas. Por isso se disse: O homem comeu o pão dos anjos. No entanto, aqueles que comeram deste pão,todos eles morreram no deserto; o alimento, porém, que tu recebes, pão vivo que desceu do céu, comunica a substância da vida eterna e quem quer que dele comer não morrerá eternamente, pois é o corpo de Cristo.” (Santo Ambrósio, século IV).
Como pode um cristão pensar em ser fiel à fé da Igreja e das Escrituras negando uma convicção que provém dos primórdios da Igreja de Cristo, da fé mesma de nossos pais? Pense nisto!
3)‎”É realmente a verdadeira carne de Cristo que foi crucificada, sepultada; é verdadeiramente o sacramento desta carne. O próprio Senhor Jesus declara: Isto é o meu corpo.
Antes da bênção das palavras celestes era outra realidade; depois da consagração, entende-se o corpo.

Um menino, cinco pães e dois peixes


Dom Alberto Taveira Corrêa
Arcebispo Metropolitano de Belém
A Igreja reza pedindo que Deus redobre – “multiplique” – seu amor para conosco, para que, conduzidos por Ele, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. A administração dos bens sempre foi um desafio para a humanidade, tanto que os sistemas econômicos, a partir de visões diferentes, se alternam ou se complementam, numa busca incansável das respostas adequadas às necessidades humanas. No Evangelho, Jesus se ocupa, em seus ensinamentos, parábolas ou milagres, do tema dos bens a serem cuidados pela humanidade.
O fato da multiplicação de pães e peixes, milagre realizado por Jesus e narrado pelos quatro evangelistas, é carregado de ensinamentos, fonte inesgotável para a vida cristã em todos os tempos. São João no-lo descreve com grande riqueza de detalhes (Jo 6,1-15), reportando no mesmo capítulo em que o descreve como um dos “sinais”, o discurso a respeito do Pão da Vida, no qual o Senhor confronta seus próprios discípulos com a escolha decisiva que também orientará a vida de todos os homens e mulheres que viessem a acolher a Boa Notícia do Evangelho, no correr dos séculos. De forma muito clara, abre ainda as mentes e os corações para o milagre cotidiano, com o qual o Senhor se faz presente na Eucaristia.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

São Joaquim e Santa Ana, avós padroeiros e modelo


                Comemoramos o Dia dos Avós hoje, em 26 de julho, e esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus.
                Contam que Ana e seu marido, Joaquim, viviam em Nazaré e não tinham filhos, mas sempre rezavam pedindo que o Senhor lhes enviasse uma criança. Apesar da idade avançada do casal, um anjo do Senhor apareceu e comunicou que Ana estava grávida, e eles tiveram a graça de ter uma menina abençoada a quem batizaram de Maria.
                Santa Ana morreu quando a menina tinha apenas 3 anos. Devido a sua história, Santa Ana é considerada a padroeira das mulheres grávidas e dos que desejam ter filhos. Maria cresceu conhecendo e amando a Deus e foi por Ele a escolhida para ser Mãe de Seu Filho. São Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avós.
                O papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos, e muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos. Por isso, se diz que os avós são pais duas vezes.
                As avós são também chamadas de "segunda mãe", e os avôs, de "segundo pai", e muitas vezes estão ao lado e mesmo à frente da educação de seus netos, com sua sabedoria, experiência e com certeza um sentimento maravilhoso de estar vivenciando os frutos de seu fruto, ou seja, a continuidade das gerações.
                Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.
                Que o carinho e afeto, a sabedoria e experiência continuem a enriquecer e dar mais valor à vida das família! Que a comunidade aprenda a valorizar o que cada vovô e cada vovó pode ainda contribuir para uma sociedade mais justa e solidária!
                Aproveite hoje esta data para mandar uma mensagem de carinho aos queridos vovô e vovó e dizer o quanto nos lembramos deles. São Joaquim e Santa Ana rogai por todos nós!

Oração

Ó São Joaquim e Santa Ana
protegei as nossas famílias
desde o início promissor
até à idade madura
repleta dos sofrimentos da vida
e amparai-as na fidelidade
às promessas solenes.

Acompanhai os idosos
que se aproximam
do encontro com Deus.

Suavizai a passagem
suplicando para aquela hora
a presença materna
da vossa Filha ditosa
a Virgem Maria
e do seu Filho divino, Jesus!

Amém!

Congo: Igreja contra a divisão do País

A Igreja na República Democrática do Congo lançou uma série de iniciativas para dizer não à divisão do país, cuja integridade territorial está ameaçada por uma rebelião armada no Norte do Kivu.

De acordo com Dom Leonard Santedi, Secretário-Geral da Conferência Episcopal Nacional do Congo (Cenco), as iniciativas previstas são: um tríduo de oração pela paz, a unidade e integridade territorial, que será realizado de 31 de julho a 1º de agosto com uma oração especial a ser recitada todos os dias no final das celebrações eucarísticas e dos encontros de oração; a “Caminhada da Esperança”, organizada em todas as dioceses no dia 1º de agosto para dizer não à divisão; uma coleta nacional em favor das populações atingidas pela violência; o envio de uma moção de sensibilização sobre a guerra no leste a instituições nacionais e internacionais (embaixadas dos países membros do Conselho de Segurança da ONU, à União Europeia e à União Africana); uma visita pastoral de solidariedade da Presidência da Cenco, junto com os bispos delegados das províncias eclesiásticas, às dioceses afetadas pela guerra.

O Norte do Kivu sofre por causa da guerra conduzida pelo M23, um movimento rebelde oficialmente formado por desertores do exército congolês, mas que é fortemente suspeitado de ser patrocinado pelo vizinho Ruanda, com o objetivo de anexar esta região rica em recursos minerais. Tanto os bispos da região, como os da Cenco já denunciaram a situação criada na região, e que levou milhares de pessoas à fuga.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
Rádio Vaticano

Halleluya 2013 acontecerá no Rio de Janeiro e em Fortaleza.




Evento apresenta dos resultados de sua 15ª edição e já se prepara para a edição de 2013 na Jornada Mundial da Juventude com o Papa Bento XVI no Rio de janeiro.
Na manhã desta quinta-feira, 26, a organização do Festival Halleluya 2012 prestou contas com a sociedade e apresentou os números recordes desta edição. Na parceria com a Defesa Civil do estado foram coletados 5.660 quilos de alimentos não perecíveis, mantimentos que serão revertidos para os municípios vítimas da estiagem e para as obras de Promoção Humana da Associação Shalom, como o albergue, abrigo que acolhe 50 moradores de rua por dia.
“Foi uma parceria de sucesso e com ela completamos as 20 toneladas arrecadas na campanha Força solidária”, frisou Major Wagner Maia, representante da Defesa Civil.  “Solidariedade e responsabilidade social são elementos característicos do Festival Halleluya, presentes desde a primeira edição. Ficamos felizes em contribuir na construção de uma sociedade mais solidária”, pontuou João patriolino, responsável pela Promoção Humana da instituição. “A missão está cumprida, mas não concluída”, finalizou João fazendo referência ao trabalho de atendimento aos mais pobres que acontece durante todo o ano.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Caneta ungida para passar em concurso público é vendida pela internet

Caneta ungida para passar em concurso público é vendida pela internetNo Mercado Livre, site popular de vendas online, uma vendedora está oferecendo um produto inusitado. Trata-se de “canetas ungidas para concurso público”. Semelhante a uma campanha lançada em 2010 pela Igreja Universal, que oferecia canetas ungidas para seus fiéis passarem em concursos, a vendedora promete que com essa caneta o cliente irá passar no vestibular.
A usuária que oferece as canetas, pelo valor de R$19.90, está cadastrada no site de vendas desde o dia 18 de junho de 2012, e até o fechamento dessa matéria 12 unidades já haviam sido vendidas.
O anúncio da caneta ungida foi muito comentado nas redes sociais e em blogs, e causou indignação entre muitas pessoas, como o blogueiro Eduardo Moreira, que criticou o anúncio.
- Acredito que você precisa acreditar em alguma coisa, nem que seja em você mesmo. Agora, brincar com a fé dos outros, não dá – afirmou Moreira.
- Se essa caneta resolve alguma coisa na hora da prova eu não sei. Não estou aqui para questionar, debater ou duvidar da fé ou crença de ninguém. Apenas sei que uma caneta Bic como a da foto custa apenas R$0,75. Ou seja, a caneta vendida no Mercado Livre ficou 2.533% mais cara após a alegada unção – comentou o advogado Maurício Gieseler, do blog Exame de Ordem.
Reprodução da página do anúncio:

Gilberto Gil faz concerto contra a fome no mundo em Roma

"Concerto de Cordas e Máquinas de Ritmo". Este é o nome do show que Gil escolheu para rodar o mundo no ano em que completou 70 anos e que neste domingo passou por Roma. "Cordas são as minhas duas vocais, as do meu violão, as do violão do meu filho Ben Gil. Máquinas de Ritmo são os meus companheiros na banda", explicou Gil logo no início do concerto.

Antes, um agradecimento do Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva, que lembrou ao público que hoje, 1 a cada 7 pessoas no mundo sofre as consequências da fome.

Mais cedo, depois da passagem de som, Gil recebeu a RV para uma entrevista.

"A fome sempre foi um problema onde e quando ela tenha existido. É um problema a ser resolvido pelas mães, pelos pais, pelas famílias, pelos coletivos. A questão atual fica muito mais grave - essa pode ser a maneira de ver - porque são grandes multidões num mundo com 7 bilhões, e ainda com possibilidade de crescimento muito maior da população mundial em que o sistema não tem sido capaz de alimentar todo mundo. É uma quantidade muito grande de gente com fome, abaixo da linha da pobreza. Então, não é mais um problema só dos pais e mães mas sim da família mundial, a família Terra, a família planetária está preocupada com isso porque é uma questão grave. E aí, então, todas as mobilizações, o fato de existir uma instituição já há muitos anos que vem monitorando os problemas da fome, a gravidade desses problemas, de sua intensificação".

Comunidade cristã de Damasco recorre aos mártires para suportar a violência



"Pelas ruas de Damasco se vê gente que foge, há refugiados que, desesperados, atravessam a cidade em busca de abrigo. Os limitados recursos disponíveis não ajudam a resolver esta situação de emergência e alimentam a ansiedade", essa é situação dramática na qual se encontra a capital síria, narrada pelo Arcebispo maronita de Damasco, Dom Samir Nassar.
"Nesta fase de violência irracional, as nossas vozes são sufocadas pelo longo calvário da nação e por uma complexidade que bloqueia qualquer solução diplomática. A nação está afundando na dor e na violência e ainda não se vê o fim, estamos com mais de dezesseis meses de um conflito prolongado", afirmou o prelado.
Dom Samir conclui seu relato dizendo que "a comunidade cristã, sofre, espera, foge, reza e, nessas horas trágicas, exausta se dirige, no silêncio e oração, aos mártires, que em 10 de julho solenemente recordamos. Trata-se dos três irmãos, Francisco, Abdel-Mooti e Rafael Massabki, leigos católicos maronitas, beatos e martirizados durante a perseguição desencadeada pelos turcos, em 1860, contra a Igreja. Eles nos lembram o que Jesus disse aos discípulos: Não tenham medo".

Descobertos mais de 200 fetos em barris em uma mata.



Fonte: TVI 24

Os habitantes da região sul dos Urais( Rússia) tropeçaram numa descoberta macabra.

Na floresta local foram descobertos quatro barris com 248 fetos humanos, informa a AFP. As autoridades estão já a investigar a origem do mistério.

A polícia da região de Sverdlovsk já veio esclarecer que os fetos estavam conservados em formol e foram mantidos em barris marcados com apelidos e números.

Os fetos foram encontrados alguns quilómetros de distância de uma estrada que liga a capital da região, Yekaterinburg, com outra grande cidade, Nizhny Tagil. A polícia acredita que podem ter vindo de quatro hospitais locais e iniciaram uma investigação.

O Ministério da Saúde disse que ordenou uma inspeção aos hospitais locais para evitar que estes incidentes voltem a ocorrer.

«A violação grosseira da ética médica causa indignação», disse o ministério num comunicado. «É inadmissível tanto do ponto de vista moral e legal».

A Igreja Ortodoxa Russa usou o incidente para enfatizar a sua oposição contra o aborto. O porta-voz Vladimir Legoida disse em comunicado se trata da «degradação da nossa sociedade».

terça-feira, 24 de julho de 2012

O amor de Deus



Uma das belas diretrizes de Cristo é, sem dúvida, esta: “Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor” (Jo 15,9). Cumpre, de plano, refletir sobre o amor do Pai por Jesus, seu Filho amado. O próprio São João escreveria mais tarde que “Deus é amor” (1 Jo 4,8).

Deus não é um Ser solitário no céu, nem tão pouco Ele é uma projeção do super ego do homem, ou seja, da instância da personalidade formadora de ideais humanos. È uma Trindade de Pessoas unidas, desde toda a eternidade, pelo vínculo de um amor infinito. Aí o fundamento da assertiva de Cristo que lança cada homem ou cada mulher numa verdade maravilhosa, inimaginável, ou seja, a criatura racional é transportada para o reino do amor trinitário e passa a pertencer à verdadeira família de Deus.
Revelação impressionante e consoladora! Entretanto, em seguida, Jesus mostra como viver esta realidade: “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor” (v. 10). Isto foi bem decodificado por São João: “Aquele, porém, que guarda a sua palavra, nele o amor de Deus é verdadeiramente perfeito. É assim que conhecemos se estamos nele” (1 Jo 2,5). De fato, prova-se o amor não por meio de vocábulos, mas pelas obras.
Já ensinava o Teólogo do Amor: “Não amemos por palavras nem apenas pela língua, mas com ações e em verdade” (1 Jo 3,18). É que a verdadeira dileção é afetiva e efetiva. Sob o ponto de vista da afetividade cumpre atos de complacência, de conformidade com a vontade de Deus, de amizade íntima com o Ser Supremo, de mútua entrega, de união profunda com o Sumo Bem. Como o sol entre as estrelas, tal atitude lança sua claridade e sua formosura em todas as atividades humanas. Para se chegar a este estágio cumpre, outrossim, o amor efetivo traduzido num arrependimento sincero de todas as faltas contra os Mandamentos, numa fuga corajosa de todas as ocasiões perigosas que poderiam afastar o cristão de seu Senhor.

Prof. Felipe de Aquino é nomeado Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno

O professor Felipe de Aquino, que tem uma obra extensa publicada sobre temas da doutrina católica, foi nomeado na última quinta-feira, 19, Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa às pessoas que se entregam à Igreja Católica na defesa de fé católica e da pregação do Evangelho.

Professor Aquino foi nomeado em cerimônia presidida pelo bispo de Lorena, São Paulo, Dom Benedito Beni, na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista, São Paulo. Durante a celebração eucarística, o professor trajou uma veste própria para os Cavaleiros de São Gregório Magno trazida especialmente de Roma.
Com este título, professor Aquino poderá ocupar um lugar no presbitério durante as celebrações litúrgicas e ser saudado pela Guarda Suíça Pontifícia. O título não implica nenhuma obrigação particular a Igreja; o escolhido precisa, porém manter sua reputação, provando ser merecedor da honraria.
A ideia para a nomeação veio do próprio Dom Beni, que considerou que o título seria um reconhecimento por todo o bem que o prefessor faz por seu conhecimento. O prelado enviou então uma carta ao Papa Bento XVI apresentando-o como missionário, pregador da Palavra de Deus e escritor. A sugestão de Dom Beni foi aceita pelo Santo Padre.
Segundo Dom Beni, o professor Aquino é merecedor da honraria, pois, mais do que um homem da Igreja ele é um homem de Deus. "O principal é que, com este título, o professor Aquino se tornou mais próximo do coração do Papa, o sucessor de Pedro e pastor universal da Igreja", declarou o bispo.



- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por
GaudiumPress

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Tem crescido o retorno de Protestantes à Igreja Católica nos Estados Unidos.



Foi algo que os protestantes não esperavam. Para eles impossível mais para Deus possível “Jesus olhou para eles e disse: Aos homens isto é impossível, mas a Deus tudo é possível” (Mt 19,26). trata-se da volta e conversão de muitos Protestantes para o catolicismo, fato notável que tem ocorrido nos Estados Unidos, berço do neoprotestantismo.
“Estas conversões aumentam a cada dia, e estão sendo irreversíveis com a passagem do tempo. São conversões de pastores, ministros e leigos, para a Igreja Católica. Sim, antes eles eram fortes pilares do Protestantismo e promotores do anticatolicismo, que agora, voltam à Igreja de Cristo! E com os seus testemunhos atraem como uma avalanche, muitos outros protestantes de todos os continentes.”[2]
Das mais diversas denominações e comunidades eclesiais, luteranos, calvinistas, anglicanos, prebiterianos, testemunhas de Jeová, adventistas, assembleianos, batistas, congregacionais e de varias outras Igrejas.
Dentre os nomes esta: Scott Hann, Paul Thigpen, Marcus Grodi, Steve Wood, Bop Sungenis, Julie Swenson, Dave Amstrong, David B. Currie, Tom Howard, Peter Kreeft, Douglas Bogart. Cada um deles em tempos diferentes e com os meios diferentes, mas todos em comum, unidos agora na Igreja Católica. (Efésios 4, 4-5). tudo isto também dar-se através de uma solida apologética que desde os anos de 1970 vem dando fortes frutos nós EUA.

Vaticano denuncia à ONU a perseguição aos cristãos no Oriente e Ocidente.


Ao representar a Santa Sé durante a 20ª sessão do Conselho para os Direitos humanos da ONU, em Genebra, Dom Silvano Maria Tomasi denunciou a violência física e encoberta que oprime milhares de cristãos no mundo inteiro.
Dom Tomasi explicou que existem dois tipos de violência contra os cristãos: aquela física e direta sobre a pessoa e outra mais sutil, que faz da corrente do laicismo uma espécie de ditadura antirreligiosa.
O prelado explicou que em muitos países há uma grande violência contra os grupos religiosos: “tivemos casos muito chamativos na Nigéria, Quênia e outras partes do mundo, onde os fiéis – sobretudo cristãos – enquanto rezavam, foram atacados com bombas e violência que deixaram dezenas de mortos”, afirmou.
Entretanto, o arcebispo também recordou que o mundo ocidental também não escapa deste tipo de perseguição religiosa. À diferença da África ou da Ásia, explicou, é que no Ocidente a agressão “não se expressa através de uma violência física, mas sim de mecanismos muito mais sofisticados. De maneira que posteriormente entram na legislação de um país, tratando de impor uma filosofia laica, que não é neutra – deixando espaço, segundo dizem, a todas as expressões culturais, religiosas e de convicções também não-crentes –, e sim impondo um estilo de vida e humano de pensar, que deixa pouco espaço às convicções religiosas”.

A Igreja pode se negar a celebrar um matrimônio?


Há alguns dias foi noticiado que um pároco de Niterói, RJ, não aceitou celebrar o matrimônio de um casal, pois julgou haver um impedimento dirimente; isto é, algo que tornaria o matrimônio nulo. Algumas pessoas até se revoltaram e julgaram que a Igreja Católica foi cruel com o casal; mas não se trata disso.
Vamos esclarecer a questão, sem entrar no mérito da questão do caso de Niterói.


Muitos casamentos são declarados nulos pelos Tribunais eclesiásticos porque pode ter havido faltas que tornam nulo o sacramento; sem valor. Essas falhas são muitas; por exemplo: falta de capacidade para consentir (cânon 1095), se um dos cônjuges não tem juízo perfeito e não tem condições mentais de assumir as obrigações do matrimônio; Ignorância (cânon 1096) sobre a vida sexual no casamento; emprego da simulação para enganar o cônjuge (cânon 1101); uso da violência ou medo para conseguir o consentimento do outro (cânon 1103); condição não cumprida (cânon 1102); falta de idade mínima (cânon 1083); impotência permanente para o ato sexual (cânon 1084); o fato da pessoa já ser casada (cânon 1085); se o cônjuge é um padre ou uma irmã consagrada (cânon 1087 e 1088); rapto do cônjuge (cânon 1089); crime cometido para se casar com alguém (cânon 1090); cônjuges parentes (pai e filha; avo e neta, irmãos, etc.) (cânon 1091); parentesco legal por adoção (cânon 1094).

Nesses casos e em outros o casamento seria inválido; então, o pároco se souber do impedimento antes do casamento, não pode realizá-lo.

E quando o jogo na internet e o videogame se tornam um vicio?


O bom senso materno e paterno no controle dos jogos de internet utilizados pelos filhos
A revista Catolicismo publica uma entrevista muito proveitosa para os pais de família. A entrevistada é a Sra. Elizabeth Woolley — norte-americana fundadora do Online Gamers Anonymous (Jogadores Anônimos Online). Ela alerta os pais sobre o perigoso mundo da internet e dos videogames, que poderá viciar seus filhos.

Tendo como objetivo auxiliar as famílias a controlar e salvaguardar os pequenos dos malefícios dos jogos de computador, aqui transcrevo a entrevista com a Sra. Woolley.
Aos pais, um apelo ao dever
A senhora poderia explicar por que fundou Online Gamers Anonymous?
Sra. Wooley — Em 2002, meu filho Shawn viciou-se em um jogo chamado Everquest. Em três meses ele largou o emprego, foi despejado de sua casa e ficava a noite inteira acordado jogando no computador. Apesar de nossos ingentes esforços para auxiliá-lo a restabelecer a normalidade em sua vida, ele cometeu suicídio um ano e meio mais tarde.
Pouco tempo depois de seu suicídio, concedi uma entrevista ao “Milwaukee Journal Sentinel”, e foi então que me dei conta de quantas famílias estão sendo destruídas e sofrem como a minha.
Em 2002 eu decidi fundar o site Online Gamers Anonymous para ajudar essas pessoas a terem um lugar para se encontrar e saberem que não estão sozinhas. Faço questão de informar que esses jogos podem assumir o controle de suas vidas da mesma forma como o álcool e as drogas. Alguns jogadores me disseram que a pessoa pode tornar-se viciada em menos de 24 horas. Assim, ao passar dos jogos sociais para os jogos que provocam o vício, ela não consegue voltar atrás. Esses jogos podem tornar-se a droga preferida, devendo ser considerados como tal.

Quem é o Papa para os católicos?



                O Papa é o sucessor do apóstolo Pedro, o bispo de Roma que Jesus constitui como "perpétuo e visível fundamento da unidade" (LG 23). Como sucessor de Pedro, o Papa conduz a Igreja de Cristo, o Filho do Deus vivo.
                Sua autoridade é expressão de amor, a serviço da unidade. Na expressão de Gregório Magno, ele é o "servo dos servos de Deus". O Papa é o pastor de toda a Igreja. O Senhor Jesus confiou a Pedro todo o rebanho (Jo 21, 15-17). Na cidade de Roma, Pedro desempenhou o seu ministério e foi martirizado.
                Assim o Papa, com os bispos unidos a ele, conserva o testemunho do martírio de Pedro e também de Paulo, sendo o sinal visível da unidade da Igreja. Sua presença expressa e significa a continuidade da palavra de Cristo e da doutrina dos Apóstolos na Igreja, a segurança da fé, da esperança e da caridade.
                O Papa tem a missão de confirmar toda a Igreja na fé, continuando a mesma tarefa que Cristo confiou a Pedro: "Eu, porém, orei por ti para que tua fé não desfaleça. E tu, uma vez convertido, confirma teus irmãos" (Lc 22.32). O Papa, com os bispos unidos a ele, tem a missão de conservar a Igreja fiel ao Evangelho e aos testemunho dos apóstolos.
                Todo católico, além de conhecer e viver a Palavra de Deus, de dar testemunho da sua fé em Cristo, de participar da comunidade eclesial, espaço de testemunho, de serviço, de diálogo e de anúncio, ama e respeita o Papa e os bispos como legítimos pastores.
                Oremos pelo Papa!

Por que chamamos a Mãe de Jesus de Nossa Senhora?



                A palavra senhor, em nossa linguagem cotidiana, é usada como um tratamento respeitoso, dado a algumas pessoas, como aos pais, professores e autoridades. Na idade média, São Bernardo, vendo como cada "senhor" apresentava sua "senhora", recordou que Jesus nos deu uma "Senhora" para amparar a todos.
                Desde então, Maria é chamada de "Nossa Senhora". Trata-se de um título de devoção popular. A mãe de Jesus, como toda a certeza, merece esse respeito e, por isso, a designamos comumente como Senhora, sem qualquer conotação do sentido especificamente bíblico do termo Senhor.
                Maria foi a grande escolhida por Deus para cooperar com seu plano de salvação, foi chamada a ser a mãe do Redentor e deu o seu sim. É senhora, é Admirável e a mãe de Deus e nossa mãe.
                Na Sagrada Escritura, este termo tem um sentido muito maior. Senhor é o nome próprio para designar o Deus de Israel, desde que se revelou a Moisés como Iavé, "aquele que é", traduziu na versão grega dos livros do Antigo Testamento por Kyrios, "Senhor". No Novo Testamento, Jesus é chamado Senhor por aqueles que dele se aproximam com respeito e confiança em seu poder de ajuda e cura. Nos encontros com Jesus Ressuscitado, o termo Senhor aparece como expressão de adoração: "Meu Senhor e eu Deus" (Jô 20,28).
                Pode ser "de condição divina" (Fl 2,6), Jesus é o Senhor, digno do mesmo poder, honra e glória devidos ao Pai. Ele é o Senhor da vida e da história. A ele a Igreja invoca: "Amém, vem Senhor Jesus!" (Ap 22,20). O nome Senhor indica, portanto, a soberania divina. Quem confessa ou invoca Jesus como Senhor demonstra que crê em sua divindade.
                "Ninguém pode dizer Jesus é o Senhor a não ser no Espírito Santo" (1 Cor 12,3).

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°