VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 31 de março de 2012

MJ Rio 2013 será precedida por uma novidade: a Semana Missionária

s
Em um artigo recém publicado no site da JMJ Rio 2013, o Pe. Jefferson Gonçalves, encarregado do setor pré-Jornada, compartilhou desde Roma uma inovação para a JMJ Rio 2013: o período antes chamado de "Dias nas Dioceses" ou "Pré-Jornada" levará o nome de Semana Missionária. Neste período os jovens estarão divididos em dioceses de todo o Brasil entre os dias 17 a 20 de julho de 2013 preparando-se para o evento com o Papa no Rio com uma programação que inclui atividades espirituais, solidárias, missionárias e culturais.

Após esta data, os estrangeiros e todos os brasileiros, estarão se deslocando para a cidade do Rio para a JMJ que terá lugar entre os dias 23 e 28 de julho. Segundo o Pe. Jefferson espera-se que a Semana Missionária fique como legado para as posteriores JMJs.

"Durante a visita do Cardeal Rylko - presidente do Pontifício Conselho para os Leigos - ao Rio de Janeiro em fevereiro de 2012, ele concordou que esta semana tenha um forte caráter missionário, seguindo a linha do Documento de Aparecida. Deseja-se assim, deixar como legado para as demais jornadas, este momento que move o jovem a um discipulado missionário", afirma o sacerdote.

"A proposta na semana missionária para os jovens peregrinos estrangeiros é que, chegando ao Brasil, vivam intensamente a realidade local, em união com toda a Igreja do Brasil. Durante este tempo, todas as dioceses seguirão uma programação comum sobre três pilares: espiritualidade, solidariedade missionária e cultura. Isto vale também para as dioceses que não terão a presença de jovens estrangeiros", acrescenta Pe. Jefferson.

Para preparar bem esta Semana Missionária com os próprios fiéis das dioceses será preciso "envolvimento na formação de grupos de voluntários, acolhida dos peregrinos, entre outros aspectos que são demandados para estes dias", assinala também o encarregado do setor Pré-Jornada.

Segundo o Pe. Gonçalves, após o início dos trabalhos da JMJ Rio2013, "uma das primeiras necessidades que verificamos como comissão junto ao Pontifício Conselho para os Leigos, era que, em todo trabalho que tivéssemos até a Jornada Mundial da Juventude, deixássemos diversos tipos de legados e que os frutos desse evento favorecessem a Igreja espalhada por todo o mundo, carinhosamente a todo o Brasil, a Arquidiocese do Rio de Janeiro e a própria sociedade em um todo".

Real Madrid cede ante o mercado muçulmano e elimina a cruz do seu escudo. Lamentável.


O jornal esportivo Marca confirmou que o Real Madrid aceitou eliminar a pequena cruz (Veja acima com a cruz e o escudo sem a cruz) que desde 1920 o clube de futebol exibe em seu escudo para evitar conflitos na multimilionária construção de um complexo turístico-esportivo na ilha de Ras Al Khaimah, uma das sete que formam os Emirados Árabes Unidos, onde o Islã é a religião oficial.
A alteração –que afetará sua imagem exclusivamente nos países muçulmanos– foi confirmada ontem quinta-feira 29 de março no ato de apresentação do resort de luxo que custará uns um bilhão de dólares e abrirá suas portas em janeiro de 2015.

Conforme informa o diário Marca, as autoridades do clube cuidaram que “todos os detalhes” e decidiram “prescindir da cruz que há na coroa do escudo para evitar desta forma qualquer tipo de confusão ou más interpretações em uma zona onde a grande maioria de população professa a religião muçulmana”.

A isto, o jornal El Economista acrescenta em sua edição de hoje que “todas e cada uma das imagens do escudo “merengue” apareciam modificadas: a cruz pertencente à coroa real espanhola havia sido apagada. Não é uma casualidade, é uma estratégia comercial”.

A Igreja aceita a cremação? SIM, mas tem reservas às “cinzas pulverizadas” nos ambientes.


A Livraria Editora Vaticano apresentou recentemente a segunda edição do Rito de exéquias, em que se sublinha que os católicos não devem pulverizar as cinzas de um defunto logo depois de ser cremado, já que essa prática, que está na moda atualmente, é contrária à fé cristã. As cinzas devem ser enterradas.

Neste documento em italiano, que foi apresentado na sede da Rádio Vaticano, foram revisados todos os textos bíblicos e de oração, e se incluiu um apêndice dedicado inteiramente às exéquias no caso da cremação.
Dom Angelo Lameri, do Escritório Litúrgico Nacional da Conferência Episcopal Italiana (CEI), explicou que se colocou a cremação em um apêndice à parte para sublinhar o fato de que a Igreja, “embora não se oponha à cremação dos corpos quando não é  feita ‘in odium fidei’ (por ódio à fé), segue considerando que a sepultura do corpo dos defuntos é a forma mais adequada para expressar a fé na ressurreição da carne, assim como para favorecer a lembrança e a oração de sufrágio por parte de familiares e amigos”.

ONU nega “status consultivo” a “Católicas” pelo Direito de Decidir.


Wagner Moura

Temporariamente , a Organizacão das Nações Unidas (ONU) negou o “status consultivo” ao grupo anti-católico e pró-aborto Católicas pelo Direito de Decidir Córdoba (Argentina).
Sem o “status consultivo” a organização argentina não pode ser credenciada para monitorar as atividades desenvolvidas pelo Conselho Econômico e Social e órgãos subsidiários (Comissão e subcomissão de Direitos Humanos) das Nações Unidas.
O comitê que avalia o cadastramento das ONGs junto à ONU alegou que o grupo argetino pró-aborto não poderia se cadastrar com esse nome junto à ONU, uma vez que isso significaria desrespeitar as leis da Argentina. Em seu país de origem o grupo pró-aborto não pode se denominar “católico” por causa de uma lei que submete o uso desse nome à autorização da Igreja Católica.
As informações são do FridayFax, iniciativa do único grupo pró-vida que atua junto à ONU, o C-FAM. O grupo pró-vida também informa que além das Católicas pelo Direito de Decidir, outras centenas de grupos pró-aborto tiveram seu pedido de “status consultivo” negado pela ONU devido a insatisfações de países membros do comitê relativas às atividades de tais grupos.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Procissão dos Passos em Camocim

A Paróquia de Camocim convida a todos para participar, nessa sexta-feira (30), da Procissão dos Passos, também conhecida como Procissão do Encontro, quando Jesus encontra-se com sua mãe, Maria. Segundo a organização, a programação terá início com a Santa Missa, que acontecerá na Igreja de Bom Jesus dos Navegantes (Matriz), às 18:00h, e em seguida  acontecerá a procissão luminosa pelas ruas da cidade. É necessario que se leve velas para a procissão.
 Nosso Senhor dos Passos é uma invocação de Jesus Cristo e uma devoção especial na Igreja Católica a ele dirigida, que comemora o trajeto percorrido por Jesus desde sua condenação à morte no pretório até o seu sepultamento, após ter sido crucificado no Calvário. No século XVI se fixaram 14 momentos principais deste trajeto, embora o número tenha variado na história do catolicismo de sete a 39. Estes pontos principais são chamados de as estações ou os passos da Paixão de Cristo ao longo da Via Sacra ou Via Crucis. Em Camocim, serão 7 momentos a partir da frente da Igreja Matriz no sentido Rua Dr.João Thomé-Beira Mar (dobrando à esquerda na Rua Engenheiro Privat).

Igreja da Arquidiocese de Belém do Pará receberá um dos maiores ostensórios do Brasil

Igreja da Arquidiocese de Belém receberá um dos maiores ostensórios do Brasil. Confeccionado pelo artesão paraense Afonso Falcão, o novo ostensório da Arquidiocese de Belém é feito em Cedro, revestido com folhas de ouro e possui 1,80 de altura. Idealizado pelo Reitor da Igreja das Mercês, padre Sebastião Fialho, a peça litúrgica ficará em um lugar reservado no Altar-mor desse templo religioso. Além disso, a hóstia consagrada que ficará exposta na peça litúrgica tem formato diferenciado, 40 centímetros de largura, e foi encomendada às religiosas do Carmelo de Santa Teresinha, no município de Benevides. Exaltando o desejo de em 2016 o templo religioso receber a anúncio, transformando-o em Santuário de Adoração Perpétua, os fiéis acolherão no próximo domingo, 1 , às 10h30, a entronização do novo ostensório da Reitoria, feita pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, após a tradicional Procissão de Ramos.
Para o Reitor da Igreja das Mercês, padre Sebastião Fialho, o novo ostensório possibilitará que os fiéis adorem a Deus independente do horário. "O Santíssimo Sacramento ficará sempre exposto para atender as demandas espirituais dos que almejam um encontro pessoal com Cristo", explica. Segundo ele, o objeto será coberto nos horários de missa. "Nós colocaremos uma cortina em frente a ele para que, durante as celebrações eucarísticas, possamos fechá-la, impossibilitando sua visualização", relata.

“Para nossa alegria”: Família que protagonizou vídeo com a música evangélica “Galhos Secos” visita estúdios da Rede Globo

A música é interpretada no vídeo por Marinalva Barbosa e os filhos Jefferson, de 19 anos, e Suellen Barbosa, de 17. Segundo o UOL, a família gravou uma participação no “Caldeirão do Huck” e visitarou os bastidores do programa “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga.
Marinalva deu uma entrevista para o site do programa matinal, contando que ficou brava com os filhos por causa da gravação do vídeo: “Eu não gostei quando percebi que eles estavam brincando durante a música, queria que eles cantassem mais sérios”, explicou Marinalva, que afirmou ter entendido depois que a diversão dos filhos merecia destaque.
Ana Maria se divertiu com a apresentação da família nos bastidores do seu programa e desejou boa sorte a eles: “Que vocês sigam cantando e levando alegria para as pessoas”, disse a apresentadora.


Livro com as homílias de Bento XVI para Páscoa é publicado na Itália

Três grandes homilias do Papa Bento XVI, vistas como uma "jornada teológica espiritual" para descobrir o imenso valor da paixão, morte e ressurreição, foram compilados no livro "A nova criação da história". A publicação, editada por Dom Lorenzo Leuzzi, Bispo Auxiliar de Roma e publicada pela Libreria EditriceVaticana, foi apresentada na última terça-feira.

O volume resume a pregação de vigílias pascais do Papa durante entre o período de 2007 a 2009 com a percepção de que alguns professores expressam durante o segundo ciclo de leitura teológica, encontro patrocinado pelo Instituto de Pastoral da Universidade do Vicariato de Roma.

O prelado explicou que o livro é "uma grande oportunidade de ser guiado pelo Papa, para compreender e experimentar o caminho da Páscoa na Igreja", Ele diz ainda que o segmento que une a pregação da reflexão de Bento XVI na Páscoa, é o batismo. "Um batismo não é concebido como um fator externo, costume, cultural, mas como um momento que se liga diretamente à experiência do mistério pascal, que é sua fonte, que vem para o homem e sua vida se torna mais profundo".

Laicismo: Quem não tem religião estaria liberado para matar? Claro que não. Os direitos humanos valem para todos!

O laicismo está fazendo a cabeça de muitas pessoas. Elas acabam convencidas de que alguém ligado a um credo, formalmente ou não, defendendo certa agenda, automaticamente torna essa a agenda de religiosa, não importa quantas pessoas não religiosas também a defendam. O tema acaba recebendo todos os estereótipos e estigmas.
Isso é resultado de uma visão maniqueísta do debate político. Ou está comigo, ou está contra mim. Quanto mais extremada uma posição política, mais maniqueísta é em relação aos oponentes. E talvez é ingenuidade pensar que esse maniqueísmo seja involuntário, quando é bem provável que faça parte de uma estratégia antiga como o mundo, a de demonizar o inimigo para angariar seguidores.
Claro que um maniqueísmo só pode ser fundamentalista, a postura de quem está interessado em impor visões e não em debater. A disposição ao debate cria uma ótima imagem de abertura, de compreensão e vontade de resolver o problema, porém debater implica em correr o risco de ceder posições ou, mais importante, a expor-se à verdade. Quanto menos se discute, menos chance temos de encontrar a verdade. Daí que muitos precisam dizer que querem o debate, mas de fato rejeitá-lo acima de tudo.

De Varsóvia a Havana à sombra de um “Muro de Berlim” ideológico.

2012
Demétrio Magnoli
Bento XVI pisou em Cuba mencionando ‘presos e familiares’, palavras nunca pronunciadas por Lula ou Dilma
O Papa não é o mesmo, a cidade é outra e os tempos mudaram, mas o paralelo é incontornável. Quando, em 1979, João Paulo II falou numa Varsóvia submersa no som dos sinos que repicavam, começou a acabar a história do comunismo europeu. Ontem, em Havana(foto) Bento XVI falou aos cubanos, retomando os antigos temas da verdade, da liberdade de consciência, de fé e de expressão. Será esta a centelha do colapso de um comunismo caribenho que copiou os traços essenciais do sistema inventado na URSS de Stalin?
Não é a primeira visita papal a Cuba. João Paulo II falou em Havana, em 1998, iniciando uma ambígua aproximação entre a Igreja e o regime. De lá para cá, como explica a blogueira Yoani Sánchez, “podemos rezar em voz alta, mas criticar o governo continua a ser pecado, blasfêmia”. Há 14 anos, a sentença final do Papa foi sobre a liberdade do espírito. Será viável retalhar o princípio da liberdade em fatias, tolerando uma delas para conservar o veto às demais?
A interlocução entre a Igreja de Cuba e o governo dos Castro propiciou a libertação recente de dezenas de prisioneiros de consciência. Entretanto, na maioria dos casos, a liberdade foi reduzida a um “direito à deportação”, uma barganha que reforça a narrativa política do governo cubano. Dias atrás, o arcebispo de Havana permitiu a remoção de um grupo de dissidentes que se abrigara na Igreja da Caridade e publicou uma nota no jornal do Partido Comunista, escrita nos tons inconfundíveis do oficialismo. A liberdade de religião poderá florescer num edifício social erguido sobre o dogma do monopólio partidário da verdade?

quinta-feira, 29 de março de 2012

Sacerdote testemunha sua evangelização no facebook.

Nieves San Martín

O padre Dalton Xavier Reyes Martínez, da Associação Sacerdotal Servos do Espírito Santo, na Colômbia, realiza uma singular missão evangelizadora através das redes sociais, especialmente no Facebook, onde tem cerca de oito mil amigos. Toda quinta-feira ele celebra a Eucaristia para os seus contatos. “Dou testemunho das bênçãos que recebemos através destes meios”, declara o pe. Dalton.
Como começou a sua experiência nas redes sociais?
- Padre Danton: Bom, a minha experiência nesses meios começou com a minha primeira conta no Hotmail. Eu fui explorando a facilidade que o uso do e-mail me dava para ficar em contato com pessoas de vários lugares, e, em pouco tempo, comecei a receber correspondência de muita gente pedindo conselhos, orações de intercessão, informação e formação. As contas do Hotmail tinham pouca capacidade naquela época, e eu tive que criar outra. Coloquei o nome de CARTERO2000, cartero por causa das cartas que eu recebia e 2000 por causa do chamado que o papa estava nos fazendo para o novo milênio.

Bento XVI propõe verdade e liberdade para mudar Cuba e o mundo.



Na multitudinária Missa na Praça da Revolução de Havana, o Papa Bento XVI propôs as chaves da verdade e a genuína liberdade, cuja fonte é Cristo, para obter as mudanças que necessitam Cuba e o mundo.
Na homilia da Missa a que assiste o presidente cubano Raúl Castro, as autoridades cubanas, os bispos da ilha e outros prelados da América Latina, o Santo Padre assinalou que “Cuba e o mundo precisam de mudanças, mas estas só terão lugar se cada um estiver em condições de se interrogar acerca da verdade e se decidir a enveredar pelo caminho do amor, semeando reconciliação e fraternidade”.
O Papa explicou que Deus sempre é próximo ao homem, cuja máxima expressão de amor é Cristo, que “revela-se como o Filho de Deus Pai, o Salvador, o único que pode mostrar a verdade e dar a genuína liberdade”.
Em efeito, disse o Pontífice, “a verdade é um anseio do ser humano, e procurá-la supõe sempre um exercício de liberdade autêntica. Muitos, todavia, preferem os atalhos e procuram evitar essa tarefa. Alguns, como Pôncio Pilatos, ironizam sobre a possibilidade de conhecer a verdade, proclamando a incapacidade do homem de alcançá-la ou negando que exista uma verdade para todos”.
“Esta atitude, como no caso do ceticismo e do relativismo, produz uma transformação no coração, tornando as pessoas frias, vacilantes, distantes dos demais e fechadas em si mesmas. São pessoas que lavam as mãos, como o governador romano, e deixam correr o rio da história sem se comprometer”.

Fidel Castro se encontra com Papa Bento em Cuba.

O encontro com o ex-presidente cubano fechou a visita pastoral do Papa Bento XVI

Incerto até o último momento, em determinados momentos dado por excluído, o encontro entre o Papa Bento XVI e o ex-líder cubano Fidel Castro, por fim, aconteceu. Os dois se encontraram por volta das 12:30, hora de Cuba, na Nunciatura Apostólica da Havana e sua conversa durou por volta de meia hora. O colóquio foi definido pelo porta-voz Vaticano, padre Federico Lombardi, “cordial, animado, alegre e intenso”.
Quase da mesma idade (85 anos do Papa e 86 do ex-líder máximo), ironizaram sobre a idade avançada. O Santo Padre, em particular, disse: “Sou ancião, mas ainda posso fazer o meu dever”.
Bento XVI expressou ao seu interlocutor a própria alegria pela recepção calorosa no solo cubano, e à pergunta: “O que faz um Papa?”, respondeu: “Está ao serviço da Igreja universal”. Fidel disse ter seguido todos os momentos da visita pastoral na televisão.
Castro dirigiu ao Pontífice algumas perguntas sobre mudanças na liturgia da Igreja e lhe expressou a sua própria preocupação sobre os problemas da humanidade. O ex-presidente cubano também afirmou ter desejado de coração as beatificações de Madre Teresa de Calcutá – grande benfeitora de Cuba – e de João Paulo II, que ele conheceu, em 1996 no Vaticano e em 1998 na Havana.

quarta-feira, 28 de março de 2012

"Vinde, Espírito Criador"

Terceira Pregação de Quaresma do Padre Raniero Cantalamessa
1. A fé termina nas coisas
O filósofo Edmund Husserl resumiu o programa da sua fenomenologia no lema: Zu den Sachen selbst!, dirigir-se para as mesmas coisas, para as coisas como elas realmente são na realidade, antes da conceituação e formulação delas. Outro filósofo, vindo depois dele, Sartre, diz que "as palavras e, com elas, o significado das coisas e os modos do seu uso” são apenas “os sinais sutis de reconhecimento que os homens têm traçado na superfície deles": é necessário superá-los para ter a súbita revelação, que tira o fôlego, da "existência" das coisas (J.-P. Sartre, La Nausea, trad. ital, Milano 1984, p. 193 s, Tradução Portuguesa nossa).

Direito de nascer, independente de quem seja a mãe.

Blogueiro Jorge Ferraz
Creio já ter me referido aqui a este blog chamado “Nossa amada Vitória de Cristo”, mantido por um casal que tem uma filha deficiente: a pequena Vitória. Nas palavras de seus pais, o blog foi criado (há mais de dois anos!) “[p]ara contar sobre a nossa amada filha Vitoria. Para mostrar a todos que ela existe e tem uma história. Uma linda história”.
Esta foto abaixo foi publicada domingo passado (25 de março de 2012). A menina já está grandinha, tem mais de dois anos. Tem uma evidente deficiência no crânio, facilmente perceptível nas fotos. No entanto, assim como uma outra criança deficiente de há alguns anos,sorri.
Vitória foi diagnosticada com acrania quando ainda estava no ventre de sua mãe. Não tenho formação médica, mas o Google me ensina que a acrania está freqüentemente associada com a anencefalia. A explicação é bem simples: a ausência da calota craniana (acrania) faz com que o encéfalo do bebê fique desprotegido e, exposto ao líquido amniótico, termine por ser danificado (causando assim a anencefalia ou meroanencefalia em suas diversas nuances). A própria semelhança entre Vitória e outras crianças anencéfalas mostra que elas poderiam perfeitamente ser confundidas. Para todos os efeitos práticos, é como se Vitória fosse anencéfala. Se os seus pais quisessem, ela teria sido abortada.

Santo Sudário: novas provas de autenticidade, ciência não tem explicação.

Cid Alencastro
O Santo Sudário de Nosso Senhor Jesus Cristo é certamente a relíquia mais preciosa e venerada de toda a Cristandade.
Tendo passado por todo tipo de vicissitudes e desastres ao longo da História, inclusive um princípio de incêndio, ele se encontra atualmente na catedral de Turim, Itália, onde é exposto à visitação dos fiéis em certos períodos.
Trata-se do lençol de linho que envolveu o corpo sagrado do Salvador, descido ao sepulcro onde permaneceu por três dias, após os quais ressuscitou. Quis a Providência Divina que, milagrosamente, a figura de Nosso Senhor ficasse impressa nesse tecido, de forma indelével e humanamente inexplicável. Foi o modo que Deus Padre encontrou para legar aos homens a fotografia impressa de seu Divino Filho.
Sempre presente na vida da Igreja
O Santo Sudário alimentou a fé e a piedade dos primeiros cristãos em Jerusalém, sustentou os mártires e os perseguidos nas catacumbas, inspirou a expansão dos católicos por toda a vastidão do Império Romano, extasiou os homens da Idade Média e, em particular, acendeu o zelo dos cruzados. Nas épocas posteriores, de decadência religiosa, foi ainda o Santo Sudário uma luz de fixação da fidelidade dos fiéis e de esperança de perdão para toda a humanidade.
Chegamos assim aos tempos presentes, em que o considerável desenvolvimento das ciências foi interpretado por muitos ateus, hereges, como sendo o dobre de finados da veneração ao Santo Sudário, o qual não teria mais nenhuma missão a cumprir. As ciências o estudariam, provariam que ele é fruto de simples confecção humana, talvez até uma falsificação feita na Idade Média.

terça-feira, 27 de março de 2012

A HORA DA RECONCILIAÇÃO E CURA


A Quaresma é um tempo maravilhoso para celebrar a reconciliação e a cura que Deus nos oferece em Jesus Cristo. Como toda experiência religiosa é preciso preparação.
A reconciliação é realizada por Deus. Nós nos preparamos para recebê-la em atitude de oração e revisão de vida. Por meio deste gesto vamos reconhecer quais as áreas de nossa vida que necessitam mais da luz curadora de Deus. Podemos iniciar este momento com uma pergunta simples: onde estou mais necessitando do perdão e cura de Deus?
Este não é um momento para despertar sentimento de culpa ou desânimo. O foco é a infinita misericórdia de Deus que deseja restaurar nosso ser. É necessário reconhecer onde erramos o alvo, tendo o olhar fixo na bondade de Deus. “ Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele. 10. Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados.” (1Jo 4,9-10).
Não tenha medo de reconhecer áreas de sua infância onde não se sentiu amado ou viveu conflitos. Não esconda suas emoções feridas (mágoas, traumas, complexos…) ou negativas (medo, tristeza, pessimismo…). Reconheça falhas do seu relacionamento familiar (por exemplo o modo como tem tratado esposa, marido, filhos, pais…) ou com as pessoas em geral (atitudes ou palavras que prejudicaram seus semelhantes).
Também existem hábitos ruins, fraquezas, vícios… que permanecem em virtude da maneira descuidada como usamos a leitura, filmes, internet…
E o lugar onde fomos colocados por Deus? Cada um no seu estado de vida (criança, jovem, adulto ou idoso) é chamado a refletir o amor de Deus. O estudo, trabalho doméstico, profissão, e até a condição de aposentado é a oportunidade para ser parceiro de Deus na construção de um mundo melhor. Em cada realidade da vida o cristão coloca o melhor de si, porque tudo é feito para Deus e não para os homens (cf Col 3,23).
E por fim a nossa comunhão com Deus. Não existe verdadeira reconciliação e cura se de todo o coração não voltamos para Deus. É necessária a comunhão diária com Deus por meio da oração alimentada pela Palavra, a disciplina da visita semanal ao Santíssimo sacramento e o momento central celebrado na Eucaristia dominical.
A reconciliação é Deus quem a realiza. Recebê-la e celebrá-la é a nossa parte. No sacramento da reconciliação – a confissão – recebemos e celebramos o perdão e cura de Deus. Por meio deste sacramento nos unimos ao infinito amor de Deus, que deseja nos resgatar. Aí reconhecemos que somos pecadores, demonstramos nosso arrependimento e o desejo de viver uma vida nova com o perdão de Deus.

A Via Sacra não é coisa do passado.



A Via Sacra não é uma coisa que pertence ao passado e a um determinado ponto da terra. A cruz do Senhor abraça o mundo; a sua "Via-Crucis" atravessa os continentes e os tempos. Na Via-Sacra não podemos ser apenas espectadores. Também nós estamos incluídos, por isso devemos procurar o nosso lugar: onde estamos?
Na "Via Crucis" não existe a possibilidade de ser neutro. Pilatos, o intelectual céptico, procurou ser neutro, ficar de fora; mas, precisamente assim, tomou posição contra a justiça, para não pôr em risco a sua carreira.
Devemos procurar o nosso lugar
No espelho da cruz vemos todos os sofrimentos da humanidade de hoje. Na cruz de Cristo vemos o sofrimento das crianças abandonadas, abusadas; as ameaças contra a família; a divisão do mundo na soberba dos ricos que não vêem Lázaro diante de suas portas e a miséria de tantos que sofrem fome e sede.
Mas vemos também "estações" de consolação. Vemos a Mãe, cuja bondade permanece fiel até à morte, e além da morte. Vemos a mulher corajosa que está diante do Senhor e não tem medo de mostrar a solidariedade com este Sofredor. Vemos Simão, o Cireneu, um africano, que carrega com Jesus a cruz.
Vemos, por fim, através destas "estações" de consolação, que, assim como os sofrimentos não terminam, também as consolações não terminam.
Vemos como, no "caminho da cruz", Paulo encontrou o zelo da sua fé e acendeu a luz do amor. Vemos como Santo Agostinho encontrou o seu caminho: assim São Francisco de Assis, São Vicente de Paulo, São Maximiliano Kolbe, Madre Teresa de Calcutá. E também nós somos convidados a encontrar a nossa posição, a encontrar, com estes grandes, corajosos santos, o caminho de Jesus e para Jesus: o caminho da bondade, da verdade; a coragem do amor.

Ainda a retirada dos crucifixos…”paredes nuas”


Percival Puggina, Jornal Zero Hora

Não é demais voltar ao assunto quando não passa um dia sem que a mídia abra espaços para a decisão do Conselho de Magistratura do TJ/RS. Viva! Mais uma façanha do Rio Grande. Noutra despachamos a Ford. Nesta, os crucifixos, enxotados e empacotados.
Há uma peculiaridade passando batida nessa história. Quem é, mesmo, que quer a remoção? Até hoje, não vi entre as manifestações de apoio à determinação uma única que tenha sido emitida por qualquer das centenas de confissões religiosas em consideração às quais se diz que foi decretada. Embora o relator do processo tenha escrito que o cidadão judeu, o muçulmano, o ateu, ou seja, o não cristão, tem o mesmo direito constitucionalmente assegurado de não se sentir discriminado pela ostentação de símbolo expressivo de outra religião em local público, ninguém, de crença alguma, se manifestou, mesmo que fosse para um simples e protocolar “muito obrigado”. Por quê? Por que lhes ficou inequívoco terem sido usados para intenções que também lhes são hostis!
As próprias entidades que requereram a retirada dos crucifixos articulam-se em torno de comportamentos sexuais e não sobre religião ou religiões. Nesse mesmo viés, se observamos com acuidade iniciativas análogas, será forçoso perceber que tampouco provêm de crentes ou ateus num sentido genérico, mas de pequena parcela destes últimos – os ateus militantes. Suas manifestações, sistematicamente, se voltam contra o que os símbolos representam, ou seja, as religiões, cuja influência na sociedade anseiam por eliminar.

Casulas e estolas da Missa papal em Cuba chegaram do Peru "cheias de orações"

As casulas e estolas que usarão mais de 150 de sacerdotes e diáconos durante a Missa que presidirá Bento XVI em Santiago de Cuba, no dia 26 de março, vieram do Peru "cheias de orações".

A indumentária foi confeccionada pela fábrica de materiais litúrgicos "Talleres San José" em Lima (Peru) a pedido do Arcebispo de Santiago, Dom Dionisio García Ibáñez.

Verônica Lozada, leiga consagrada da Fraternidade Mariana da Reconciliação, explicou ao grupo ACI, que na confecção alentaram os trabalhadores "a que oferecessem o trabalho pelas intenções do Papa, para que essas casulas estivessem cheias de orações".

"Foi um pedido muito especial, estávamos servindo a Igreja que é a razão de ser de "Talleres San José", que é uma confecção artesanal de ornamentos litúrgicos, cuja direção está a cargo da Fraternidade Mariana da Reconciliação, sociedade de vida apostólica da Família Sodálite presente em nove países da América, Europa e Oceania.

Pode um cristão ser fã do MMA*? Afinal, esporte ou apologia à violência?


*  Artes marciais mistas (frequentemente conhecidas sob seu acrônimo em inglês: MMA – mixed martial arts)
***
MMA: A VIOLÊNCIA EXPLÍCITA (A visão de um especialista)
POR ODAIR BORGES*
MMA, UFC, PRIDE e outras siglas são sinônimos de briga de rua travestida de luta.
Nos primórdios do Japão feudal, os vários estilos de lutas eram praticados com objetivo de defesa pessoal de importância vital para o guerreiro Samurai, onde os conceitos de honra, coragem, disciplina e respeito eram a essência na formação integral do homem.
Não é essa a mensagem que atualmente vem sendo disseminada pelos lutadores, instrutores e patrocinadores do MMA, que sem formação e informação acadêmica, pegam carona na bandeira da moda, o que lhes proporciona a evidente exposição midiática, e sem duvida, a pecúnia vindoura.
No Brasil, o esperto cérebro do UFC encontrou clima propício e o espaço estratégico como um grande esquema para disseminar a modalidade onde é notória, em entrevistas tanto de lutadores como entrevistadores, comentaristas e cronistas a ignorância sobre o tema lutas.
Em simples análise técnica, a luta de MMA resume-se na sua maior parte em socos sem conhecimento de boxe.

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2012



Entre os dias 20 e 27 de maio, cristãos de todo o Hemisfério Sul estarão unidos celebrando a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SOUC). Será uma semana muito especial, pois pessoas das mais variadas etnias e culturas estarão dedicadas à reflexão sobre a importância da unidade na diversidade.
A SOUC, que este ano tem como tema "Todos seremos transformados pela vitória de nosso Senhor Jesus Cristo", baseado na carta do apóstolo Paulo, pretende contribuir para que irmãos de diferentes congregações se juntem em momentos únicos de partilha, comunhão e integração.
Acesse o blog da SOUC e saiba tudo sobre o evento, baixe o cartaz e sabia a programação de sua região. O endereço eletrônico é http://semanadeoracaopelaunidade.blogspot.com.br/.
Leia abaixo uma carta assinada pelos integrantes do Conselho de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) sobre a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.
Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos: carta das Igrejas-membro do CONIC
Brasília, 09 de março de 2012
Irmãos e irmãs da caminhada ecumênica!

“Para nossa Alegria”: Música evangélica “Galhos Secos” vira hit na internet e ganha versões seculares

O modo que Jefferson canta transformou a frase em um bordão repetido exaustivamente pelas redes sociais, e fez com que sua imagem se espalhasse pela internet acompanhada do bordão “para nossa alegria”.
Composta em 1972 por Osny Agreste, integrante da extinta banda Êxodos, a música ganhou notoriedade com o Som Maior, grupo que marcou a geração nos anos 80. “Galhos Secos” foi gravada também por outros artistas, como a banda Catedral e o cantor Paulo César Baruk.
Aproveitando o sucesso repentino do vídeo, diversos cantores e outros artistas seculares gravaram suas próprias versões para o hit. O cantor Jair Rodrigues, acompanhado dos filhos e artistas Luciana Mello e Jair Oliveira, fizeram um vídeo reproduzindo os mesmos gestos feitos pelos protagonistas do vídeo original, cantando a música “Simples Desejo”. O pagodeiro Thiaguinho gravou um vídeo no qual dubla o som do vídeo original, e o comediante Marcelo Adnet fez uma imitação do vídeo durante o programa Comédia MTV.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Mutirão de confissão na paróquia Senhor Bom Jeusus dos Navegantes nesta terça-feira (27/03)





27/03/2012


A paróquia de Camocim, realiza amanhã Terça feira , dia 27 de março, um mutirão de confissão para os fiéis de toda a comunidade, a partir das 8 horas da manhã.

O mutirão será realizado durante todo o dia com vários padres da diocese de Tianguá

Participe! Esperamos por vocês!


Sobre a Confissão
Confissão ou Penitência é o Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para que os cristãos possam ser perdoados de seus pecados e receberem a graça santificante. Também é chamado de sacramento da Reconciliação.
Para se fazer uma boa confissão são necessárias 5 condições:
a) um bom e honesto exame de consciência diante de Deus;
b) arrependimento sincero por ter ofendido a Deus e ao próximo;
c) firme propósito diante de Deus de não pecar mais, mudar de vida, se converter;
d) confissão objetiva e clara a um sacerdote;
e) cumprir a penitência que o padre nos indicar.
O católico deve confessar-se no mínimo uma vez por ano, ao menos a fim de se preparar para a Páscoa.

Bento XVI chegou a Cuba



O Papa Bento XVI chegou a Cuba às 14:20 horas locais no Boeing 777 da Alitalia que aterrissou no aeroporto do Santiago de Cuba, a 950 quilômetros ao leste de Havana.

Em meio de uma salva de tiros de canhão e banda musical, o Santo Padre descendeu do avião onde foi recebido pelo presidente de Cuba Raúl Castro.

Bento XVI permanecerá em Cuba até em 28 de março. Celebrará duas Missas, a primeira hoje na cidade de Santiago de Cuba e a outra na quarta-feira na Praça da Revolução em Havana. O Pontífice também celebrará os 400 anos do achado da imagem da Virgem da Caridade do Cobre, padroeira da ilha.

Esta é a segunda viagem que um Pontífice faz a Cuba. O primeiro foi realizado por João Paulo II em 1998.
Autor: Gaudium Press

Via Sacra realizada pela comunidade Shalom leva fé e arte às ruas de Fortaleza




Um palco móvel, 38 atores e uma procissão com mais de 1500 pessoas percorreram as de Fortaleza refletindo sobre as 14 estações da Via Sacra. A iniciativa foi da comunidade católica Shalom, fundada pelo leigo consagrado brasileiro Moysés de Azevedo em 1982.

"O objetivo foi levar ao fortalezense o anúncio do imenso amor de Deus por cada um de nós", disse Tobias Cortez, um dos organizadores da procissão. "A Via Sacra superou nossas  expectativas. É certeza que no próximo ano acontecerá novamente", adiantou.

Compareceram ao ato, famílias, jovens e crianças.  A meditação da Via Crucis, como também é conhecida, foi na ótica do Amor Esponsal, espiritualidade cultivada pela Comunidade Shalom. Os textos foram de autoria da escritora cearense e Cofundadora do Shalom Emmir Nogueira.

Destruição de igrejas católicas é exigida por autoridade islâmica


O grão-mufti sheikh Abdul Aziz bin Abdullah, alta autoridade clerical da Arábia Saudita, exigiu a destruição de todas as igrejas existentes na região do Golfo Pérsico.

A decisão do governo do Kuwait de proibir a construção de novas igrejas no país, foi elogiada pelo sheikh, mas segundo ele a medida é pouca, pois é necessário destruir as igrejas que já existem.
A exigência de Abdullah só não seria aplicada à Arábia Saudita, pois ali, não existe qualquer local de culto não muçulmano e qualquer outra manifestação religiosa já está proibida.
Além de ser a mais alta personalidade do clero da Arábia Saudita, o grão-mufti da Arábia Saudita foi considerado o 14º muçulmano mais influente do mundo pelo Real Centro Islâmico de Estudos Estratégicos, no ano de 2011.
Nos países do Golfo Pérsico os cristãos são uma minoria, sendo sobretudo imigrantes. Em países como a Jordânia, Palestina, Iraque, Egito, Líbano e Síria, há comunidades cristãs significativas, mas o clima de perseguição religiosa tem aumentado também nesses países. (EPC)
Com informações da Rádio Vaticano.
Autor: Gaudium Press

Anatomista alemão usa cadáver para criar crucifixo

Hagens usa cadáver na criação de crucifixo
O artista desenvolveu uma técnica de plastificado de corpo
O alemão Grunther von Hagens usou um corpo humano para criar um crucifixo, no que promete  ser a mais polêmica obra do artista. Ele desenvolveu uma mumificação que consiste em injetar um líquido plástico nos ossos, nervos e vasos sanguíneos cadáveres. Trata-se de uma plastificação. O artista usa corpos doados.

Hagens informou que dedicou seis anos na elaboração desse crucifixo, desde o planejamento. Contou que usou uma árvore do seu quintal para construir a cruz.

O Cristo plastificado será apresentado pela Channel 4, rede britânica inglesas, na programação da Semana Santa. Até agora, não houve protesto de religiosos.

Hagens é conhecido como “Dr. Morte”. Recentemente ele disse que o seu tempo está se esgotando e por isso cuida de antigos projetos, como o crucifixo. O artista sofre do Mal de Parkinson.

Os cadáveres plastificados já estiveram em exposição no Brasil.

O plastificador da morte

Grunther von Hagens e uma de suas obras
O artista tem percorrido o mundo com a sua polêmica obra
Com informação das agências.

PT continua lutando para aprovar o aborto, mesmo com a posição contra do povo do Brasil.



Em entrevista à revista Veja, o presidente da Câmara Federal, deputado Marco Maia, do PT, disse que a liberação do aborto “ainda” não será colocada em votação.
O deputado afirmou que “Isso pode, no futuro, quem sabe, contribuir para que uma maioria do país oriente a votação aqui na Câmara dos Deputados”.
Segundo a revista, o que Maia chama de falta de consenso é uma confortável maioria contra o aborto. Por isso, parlamentares favoráveis à prática evitam colocar, por ora, o tema em pauta.
O presidente da Câmara não põe o projeto do aborto em votação porque a maioria é contra o aborto e o projeto deverá ser rejeitado.
Mas o objetivo do PT está sendo perseguido. A Comissão de Reforma do Código Penal do Senado está empenhada em aprovar a liberação do aborto, com o auxílio dos parlamentares do PT e de outros partidos com o mesmo ideário abortista, mesmo que isso custe a violação da Constituição Federal e do Pacto de São José (Min. Eros Grau) ou (Jurista IVES GANDRA MARTINS).
Na 3a. Conferência Nacional de Políticas para Mulheres, convocada pela Presidente Dilma Rousseff, realizada de 12 a 15 de dezembro de 2011, uma resolução específica foi escrita para liberar o aborto, a de n. 58:
“58. Revisão da legislação punitiva do aborto no Brasil, assegurando a descriminalização e a legalização do aborto e o atendimento humanizado na Rede de Saúde Pública do SUS, para que seja garantida a autonomia da mulher e que nenhuma mulher seja punida, maltratada ou humilhada por ter feito um aborto e não corra o risco de morrer.”

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°