VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 26 de junho de 2010

Nadando contra a correnteza

Autor: Prof. Gabriel Chalita

Preparar para o fracasso parece um paradoxo

Experimentamos, na vida, todos os tipos de sensações e provações. Trilhamos caminhos que ora são acolhedores, ora, profundamente dolorosos. Ritualizamos momentos. Celebramos aniversário, formatura, novo emprego, prêmios, aprovações em concursos, defesas de teses, casamento. De outro lado, separações, mortes, demissões, injustiças, inveja, mentiras. O riso ou as lágrimas convivem conosco. A euforia e o desânimo também. E, assim, vamos nos construindo, nos educando.
No processo de crescimento, os exemplos de vida nos ajudam a melhorar a nossa disposição para a própria vida. A vida que passa muito rapidamente, ou não, nos dizeres de Cora Coralina:
Não sei. Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
A educação depende da capacidade que temos de tocar o coração das pessoas. E isso se dá de muitas maneiras. Uma delas ocorre quando apresentamos modelos de vida.
Não modelos perfeitos, mas pessoas que se notabilizaram por vencer os obstáculos e perseguir a meta.  

É uma partida de futebol!

Bola na trave não altera o placar
Bola na área sem ninguém pra cabecear
Bola na rede pra fazer o gol
Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?”

Neste tempo de Copa do mundo todo mundo é técnico. Quem entende é PHD, quem não entende é especialista. O Brasil para. O mundo para. Tudo para. Até você parou por causa do título: Futebol.
Grito de gol entalado na garganta.
Mas que fenômeno é este? Que poder é este que sai das mãos e cai para os pés?
O cardeal Joseph Ratzinger, hoje papa Bento XVI entrou nesta também. Fez uma comparação muito bacana: “o jogo seria então uma espécie de tentativa de retornar ao paraíso deixando a escravidão da vida cotidiana e seus cuidados para a vida livre daquilo que não é necessário e que, precisamente é bonito.”
A vida se confunde com a partida. Nos vemos em cada jogador no campo. A vitória do time é a vitória de nossa vida.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Pecados públicos

Não reclamo. Apenas constato. Tem ficado cada vez mais difícil a gente se reconciliar com os erros cometidos. O motivo é simples. A vida privada acabou. O acontecimento particular passa a pertencer a todos. A internet é um recurso para que isso aconteça. Os poucos minutos noticiados não cairão no esquecimento. Há um modo de fazê-los perdurarem. Quem não viu poderá ver. Repetidas vezes. É só procurar o caminho, digitar uma palavra para a busca.
Tudo tem sido assim. A socialização da notícia é um fato novo, interessantíssimo. Possibilita a informação aos que não estavam diante da TV no momento em que foi exibida.
A internet nos oferece uma porta que nos devolve ao passado. Fico fascinado com a possibilidade de rever as aberturas dos programas do meu tempo de infância. As imagens que permaneciam vivas no inconsciente reencontram a realidade das cores, movimentos e dos sons.
Mas o que fazer quando a imagem disponível refere-se ao momento trágico da vida de uma pessoa? Indigência exposta, ferida que foi cavada pelos dedos pontiagudos da fragilidade humana? Ainda é cedo para dizer. Este novo tempo ainda balbucia suas primeiras palavras.
O certo é que a imagem eterniza o erro, o deslize. Ficará para posteridade. Estará resguardada, assim como o museu resguarda documentos que nos recordam a história do mundo.
Coisas da contemporaneidade. Os recursos tecnológicos nos permitem eternizar belezas e feiúras.
Uma fala sobre o erro. Eles nascem de nossa condição humana. Somos falíveis. É estatuto que não podemos negar. Somos insuficientes, como tão bem sugeriu o filósofo francês, Blaise Pascal. O bem que conhecemos nem sempre atinge nossas ações. Todo mundo erra. Uns mais, outros menos. Admitir os erros é questão de maturidade. Esperamos que todos o façam. É nobre assumir a verdade, esclarecer os fatos. Mais que isso. É necessário assumir as conseqüências jurídicas e morais dos erros cometidos. Não se trata de sugerir acobertamento, nem tampouco solicitar que afrouxem as regras. Quero apenas refletir sobre uma das inadequações que a vida moderna estabeleceu para a condição humana.
Tenho aprendido que o direito de colocar uma pedra sobre o erro faz parte de toda experiência de reconciliação pessoal. Virar a página, recomeçar, esquecer o peso do deslize é fundamental para que a pessoa possa ser capaz de reassumir a vida depois da queda. É como ajeitar uma peça que ficou sem encaixe. O prosseguimento requer adequação dos desajustes. E isso requer esquecer. Depois de pagar pelo erro cometido a pessoa deveria ter o direito de perder o peso da culpa. O arrependimento edifica, mas a culpa destrói.

Futuro das CEBs depende da fidelidade às orientações do Magistério da Igreja.

por: cardeal Eugenio Sales.O fulcro sobre o qual está depositado o futuro das CEBs é a fidelidade às orientações do Magistério que governa a Igreja”, afirma o arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eugenio Sales.



O arcebispo emérito escreveu um artigo sobre as CEBs (Comunidades Eclesiais de Base) – veiculado pelo portal da arquidiocese do Rio no dia 17 de junho – no contexto da realização, a 7 de agosto, em Natal, Rio Grande do Norte, do 2º Encontro de integrantes do então Movimento de Natal.
Dom Eugenio recorda “duas iniciativas deste trabalho que, na década de 50, impulsionaram o surgimento das Comunidades de Base no Brasil”.
Trata-se “da experiência da cidade de São Paulo do Potengi com a criação de núcleos de comunidades para o cultivo da vida cristã e a de educação pelo rádio”.
Segundo Dom Eugenio Sales, à medida que se desenvolvem e crescem as Comunidades Eclesiais de Base, “manda a prudência cristã que haja vigilância na defesa de suas características essenciais”.
“A eficácia desse admirável instrumento de evangelização, proporcionado pelo Espírito Santo, dependerá da preservação de sua identidade religiosa”, afirma.
O arcebispo destaca o imperativo da fidelidade às orientações da Igreja. As CEBs “são parte integrante das paróquias e estas, das comunidades diocesanas que estão sob a direção dos Bispos e do Sucessor de Pedro, o Santo Padre”.
“Qualquer procedimento discordante constitui uma traição e uma ruptura, com a separação do tronco e a supressão da seiva divina. Como está expresso no Documento de Aparecida, ‘as comunidades eclesiais de base, no seguimento missionário de Jesus, têm a Palavra de Deus como fonte de sua espiritualidade e a orientação de seus pastores como guia que assegura a comunhão eclesial’ (nº 179)”, recorda o prelado.
Ao reconhecer que há perigo de desvios, o cardeal Eugenio Sales recorda o documento que João Paulo II deixou para os líderes das CEBs, em sua viagem ao país de 1980.
Dizia o Papa: ‘Sublinho, também, esta eclesialidade, porque o perigo de atenuar essa dimensão, de deixá-la desaparecer em benefício de outras, não é nem irreal nem remoto. Antes, é sempre atual. É particularmente insistente o risco de intromissão do político.’
‘Esta intromissão pode dar-se na própria gênese e formação das comunidades (…). Pode dar-se também sob a forma de instrumentalização política das comunidades que haviam nascido em perspectiva eclesial’, acrescentava João Paulo II.
“Tratava-se de uma advertência que não chamaria de profética, pois já existiam desvios que motivaram a paternal e firme admoestação do Romano Pontífice”, lembra o cardeal.

Idosos fogem da Holanda com medo da eutanásia.

Asilo na Alemanha converte-se em abrigo para idosos que fogem da Holanda com medo de serem vítimas de eutanásia a pedido da família. São quatro mil casos de eutanásia por ano, sendo um quarto sem aprovação do paciente.

O novo asilo na cidade alemã de Bocholt, perto da fronteira com a Holanda, foi ao encontro do desejo de muitos holandeses temerosos de que a própria família autorize a antecipação de sua morte. Eles se sentem seguros na Alemanha, onde a eutanásia tornou-se tabu depois que os nazistas a praticaram em larga escala, na Segunda Guerra Mundial, contra deficientes físicos e mentais e outras pessoas que consideravam indignas de viver.
A Holanda, que foi ocupada pelas tropas nazistas, ao contrário, é pioneira em medidas liberais inimagináveis na maior parte do mundo, como a legalização de drogas, prostituição, aborto e eutanásia. O povo holandês foi o primeiro a ter o direito a morte abreviada e assistida por médicos. Mas o medo da eutanásia é grande entre muitos holandeses idosos. 

Até que ponto você é um jovem LIVRE?

Olavo de Carvalho


Já acreditei em muitas mentiras, mas há uma à qual sempre fui imune: aquela que celebra a juventude como uma época de rebeldia, de independência, de amor à liberdade. Não dei crédito a essa patacoada nem mesmo quando, jovem eu próprio, ela me lisonjeava.
Bem ao contrário, desde cedo me impressionaram muito fundo, na conduta de meus companheiros de geração, o espírito de rebanho, o temor do isolamento, a subserviência à voz corrente, a ânsia de sentir-se iguais e aceitos pela maioria cínica e autoritária, a disposição de tudo ceder, de tudo prostituir em troca de uma vaguinha de neófito no grupo dos sujeitos bacanas.
O jovem, é verdade, rebela-se muitas vezes contra pais e professores, mas é porque sabe que no fundo estão do seu lado e jamais revidarão suas agressões com força total. A luta contra os pais é um teatrinho, um jogo de cartas marcadas no qual um dos contendores luta para vencer e o outro para ajudá-lo a vencer.
Muito diferente é a situação do jovem ante os da sua geração, que não têm para com ele as complacências do paternalismo. Longe de protegê-lo, essa massa barulhenta e cínica recebe o novato com desprezo e hostilidade que lhe mostram, desde logo, a necessidade de obedecer para não sucumbir. É dos companheiros de geração que ele obtém a primeira experiência de um confronto com o poder, sem a mediação daquela diferença de idade que dá direito a descontos e atenuações. É o reino dos mais fortes, dos mais descarados, que se afirma com toda a sua crueza sobre a fragilidade do recém-chegado, impondo-lhe provações e exigências antes de aceitá-lo como membro da horda. A quantos ritos, a quantos protocolos, a quantas humilhações não se submete o postulante, para escapar à perspectiva aterrorizante da rejeição, do isolamento. Para não ser devolvido, impotente e humilhado, aos braços da mãe, ele tem de ser aprovado num exame que lhe exige menos coragem do que flexibilidade, capacidade de amoldar-se aos caprichos da maioria – a supressão, em suma, da personalidade.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

MOÇÕES PROFÉTICAS

Na tua missa, a nossa missa. Na tua vida, a nossa vida



“Embora fosse Filho de Deus, aprendeu a obediência por meio dos sofrimentos que teve. E,uma vez chegado ao seu termo, tornou-se autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem, porque Deus o proclamou sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque.”Hb5,8-10
Na reunião do Conselho Nacional em outubro de 2009, reunião na qual fazíamos o planejamento para o ano de 2010, recebemos a seguinte palavra: “Eis que vem sobre as montanhas um mensageiro de boa nova, alguém que anuncia a felicidade. Celebra as tuas festas, ó Judá, cumpre teus votos!” (Naum 2,1ª). A moção que tivemos na época era a de reafirmarmos os votos que tínhamos feito ao Senhor, reafirmarmos as promessas que havíamos feito por amor a Jesus. Mais recentemente, em oração, fomos levados a meditar o versículo 2 do salmo 64: “A vós, ó Deus, convém o louvor em Sião. É a vós que todos vêm cumprir os seus votos.” Imediatamente entendemos o que o Senhor estava querendo nos dizer. Muitos de nós fizemos o voto de louvar a Deus todos os dias, comprometendo-nos com o louvor como estilo de vida e, depois de um tempo, esquecemos dos votos voltando à murmuração, esquecendo de começar cada dia de nossa vida com, pelo menos, 10 minutos de louvor,como havíamos prometido. Estas duas passagens são como uma nova oportunidade que Deus está nos dando para retomarmos o louvor e cumprirmos para com Ele os nossos votos a fim de que possamos ser os recipientes da boa nova, da felicidade que Ele tem preparada para nós.
Lembremos de Apocalipse 5, que fala de miríades de miríades, milhares de milhares de santos que cantam a glória dAquele que se assenta no trono e do Cordeiro. Quando louvamos e glorificamos a Deus,quando nos prostramos em louvor e adoração diante do Cordeiro, multidões de Anjos e de santos oram conosco. Então o Cordeiro que é o doador do Espírito Santo, força, poder e alegria na nossa vida, inaugura para nós um novo tempo. Nesse mesmo dia em que orávamos com o salmo 64, fomos lembrados de que o grande louvor a Deus é a Missa, onde celebramos a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo e oferecemos o seu sacrifício expiatório ao Pai, em louvor e ação de graças.
A moção que recebemos foi a de fazermos o possível para participar da missa diariamente, para louvar ao Senhor e ofertar junto com Jesus, no altar, a nós mesmos, nossas famílias, nosso trabalho e todas as pessoas que fazem parte de nossas vidas e todas as pessoas que nos pediram oração, porque na Missa o sacrifício expiatório de Jesus é renovado e assim será renovada todos os dias a salvação e a libertação em nós, todos os dias seremos libertos e salvos, todos os dias o mal será derrotado e destruído. A Jesus foi dado todo o poder nos céus e na terra, e ao renovar a sua paixão, morte e ressurreição, o mal é novamente subjugado e Jesus toma a si os destinos das nossas vidas como Senhor absoluto. O poder do sangue derramado por Jesus, na cruz, é atualizado e nos abre caminho novo, nos reconcilia com Deus e com sua vontade. A Missa é um grande louvor a Deus. A nota ao pé da página, comentando sobre Apocalipse 5, que narra o grande louvor dos resgatados, diz que a liturgia divina estende-se por ondas a toda a criação,pois a plenitude da glória divina foi assegurada pela Redenção.Temos então um cântico novo, o cântico do Novo Testamento.

A Origem das fogueiras Juninas

Origem da fogueira

Grandes fogueiras são tradição do São João brasileiro e europeu

Balão de São João em Portugal, cidade do PortoDe origem europeia, as fogueiras juninas fazem parte da antiga tradição pagã de celebrar o solstício de verão. Assim como a cristianização da árvore pagã "sempre verde" em árvore de natal, a fogueira do dia de "Midsummer" (24 de junho) tornou-se, pouco a pouco na Idade Média, um atributo da festa de São João Batista, o santo celebrado nesse mesmo dia. Ainda hoje, a fogueira de São João é o traço comum que une todas as festas de São João europeias (da Estônia a Portugal, da Finlândia à França). Estas celebrações estão ligadas às fogueiras da Páscoa e às fogueiras de Natal.
Uma lenda católica cristianizando a fogueira pagã estival afirma que o antigo costume de acender fogueiras no começo do verão europeu tinha suas raízes em um acordo feito pelas primas Maria e Isabel. Para avisar Maria sobre o nascimento de São João Batista e assim ter seu auxílio após o parto, Isabel teria de acender uma fogueira sobre um monte

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre

Nada substitui a oração para obter a santificação na Igreja, afirma o Papa Bento

Logo depois da visita ao Centro Dom Orione, o Papa Bento XVI se dirigiu ao Monastério Dominicano de Santa Maria do Rosário no Monte Mário, onde presidiu a celebração da Hora Média com as freiras de clausura. Ali o Santo Padre assinalou em sua homilia que "vocês, que conhecem bem a eficácia da oração, experimentam cada dia a quantidade de graças de santificação que pode obter à Igreja".
O Santo Padre alentou as religiosas de clausura a serem "agradecidas à divina Providência pelo dom sublime e gratuito da vocação monástica, à qual o Senhor as chamou sem que tenham feito nada para merecê-lo".
"A forma de vida contemplativa, que das mãos de São Domingos receberam nas modalidades da clausura, situa-lhes como membros vivos e vitais no coração do corpo místico do Senhor, que é a Igreja; e como o coração faz circular o sangue e mantém vivo todo o corpo, assim sua existência escondida com Cristo, entretecida de trabalho e de oração contribui a sustentar a Igreja, instrumento de salvação para cada homem, que o Senhor redimiu com seu sangue".
Com a oração, ressaltou o Papa, apresentam "ao altíssimo as necessidades espirituais e materiais de tantos irmãos em dificuldade, a vida perdida dos que se apartaram do Senhor. Como não compadecer-se daqueles que parecem vagar sem rumo? Como não desejar que se encontrem com Jesus, o único que dá sentido à existência?".
"Reconheçam, pois, que em tudo que fazem, além dos momentos que dedicam à oração, seu coração segue estando guiado pelo desejo de amar a Deus. Este é o horizonte da peregrinação terrena! Esta é sua meta! Por isso, optastes por viver retiradas e renunciando aos bens terrenos: para desejar por cima de todas as coisas o bem sem igual, aquela pérola preciosa que merece a renúncia a qualquer outro bem para possuí-la".
O Santo Padre concluiu convidando as religiosas a pronunciarem cada seu dia "‘sim’ aos intuitos de Deus, com a mesma humildade com a que pronunciou seu ‘sim’ a Santíssima Virgem".
Neste monastério dominicano se custódia a antiga imagem da Virgem Hagiosoritissa, conhecida como a Virgem de São Lucas (século VII) e preciosas relíquias do São Domingos, da Santa Catarina de Sena e de outros Santos e santas da mencionada ordem.

Fonte ACI digital

Dez razões para viver a castidade no namoro

Por: Martha Morales www.almas.com.mx
fonte: cancaonova.com


Favorece o crescimento amistoso entre o casal

 1. A pureza ajuda a ter uma boa comunicação com seu (sua) namorado (a).

Quando um casal de namorados vive a abstinência sexual, sua comunicação é boa porque não se concentram somente no prazer, mas na alegria de compartilhar pontos de vista e experiências; além disso, suas conversas são mais profundas. Por outro lado, a intimidade física é uma forma fácil de se relacionar, mas ofusca outras formas de comunicação. É um modo de evitar o trabalho que supõe a verdadeira intimidade emocional, como falar de temas pessoais e profundos, além de conhecer as diferenças básicas que existem entre ambos.

2. Cresce o lado amistoso do relacionamento.

A proximidade física pode fazer com que os jovens pensem estar emocionalmente próximos, quando, na verdade, não o estão. Um relacionamento romântico consiste essencialmente em cultivar uma amizade e não há amizade sem diálogo e sem compartilhar interesses. A conversa cria laços de amizade e ajuda um a descobrir o outro, a conhecer seus defeitos e qualidades. Alguns jovens se deixam levar por paixões e, depois, quando se conhecem em profundidade, se desencantam. Muitas vezes, nem sequer chegam a se conhecer porque não foram amigos, somente namorados com direitos.  

Vuvuleza? foi inventada pelos Batistas da África do Sul.

Quando você estiver assistindo a uma partida da Copa do Mundo, ficar revoltado com o incessante barulho das arquibancadas e perguntar quem inventou as vuvuzelas, já sabe a quem “culpar”. A Igreja Batista de Nazaré da África do Sul (Shembe) entrou em acordo com a Masincedane Sports para ser reconhecida como a criadora da famosa, barulhenta e polêmica corneta presente nos estádios do Mundial.

A informação é do jornal Sowetan.

A igreja alega que a primeira vuvuzela que soou na África do Sul foi tocada pelo “profeta” Isaiah Shembe em 1910, e, há cem anos, o instrumento é usado por fiéis nos cultos. Neil van Schalkwyk, co-proprietário da empresa Masincedane, alegava ter desenvolvido a versão de plástico da corneta no final dos anos 1990.

Pelo reconhecimento, a Igreja Shembe ameaçou entrar na Justiça contra a Fifa e o Comitê Organizador da Copa do Mundo (LOC), mas as entidades alegaram não ter envolvimento com o tema. Em seguida, os religiosos concentraram suas reivindicações junto à Masincedane e obtiveram o acordo.

Segundo Mthembu Enoch, porta-voz da Shembe, os advogados e os consultores jurídicos das duas instituições envolvidas se reunirão na próxima semana para que o acordo seja finalizado.
Não há informações se a igreja receberá alguma indenização pelo caso.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Maior imagem católica do mundo será inaugurada no Rio Grande do Norte

fonte: ACI

A maior imagem católica do mundo será inaugurada neste sábado, 26, na cidade de Santa Cruz, no Rio Grande do Norte. A imagem de Santa Rita de Cássia, padroeira do município, foi construída com 56 metros de altura. Quase 20 metros a mais que o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.
Em declarações aparecidas no portal católico Canção Nova notícias o Reitor do Santuário de Santa Rita, Padre Aerton Sales assinalou que com essa inauguração, a cidade espera atrair ainda mais o turismo religioso no estado. "Para se ter uma idéia, as festas da padroeira da cidade, Santa Rita, tem atraído mais de 50 mil pessoas. Já vemos a cidade se organizando para receber os visitantes", destacou. 

NOVOS TESTEMUNHOS

Testemunho de menina católica ante o câncer gera conversões ao catolicismo nos EUA.

A breve vida de uma menina devota católica em Seattle, Washington, permitiu o retorno à Igreja de muitos católicos e a conversão pelo menos dez americanos. O testemunho de fé que deu ao lutar contra um doloroso câncer deu numerosos frutos e inclusive permitiu a fundação de uma organização dedicada a apoiar a famílias com membros doentes.
Glorifica Strauss nasceu em 1996, tinha seis irmãos e levou uma vida completamente normal até cumprir os 7 anos de idade. Era amável, alegre, carinhosa e muito piedosa. Gostava de muito da oração do terço.


VELA O TESTEMUNO COMPLETO CLICANDO AQUI

Arqueólogos acham as pinturas mais antigas dos apóstolos de Jesus.

Se você mergulhar na História, encontrará a Igreja católica desde as origens do Cristianismo primitivo.
Os protestantes surgiram 1.500 anos depois da Igreja Católica.
Não é questão de concordar ou não. É certeza histórica.
***
fONTE: Reuters

Arqueólogos e restauradores de arte usando nova tecnologia a laser descobriram o que acreditam ser as pinturas mais antigas dos rostos dos apóstolos de Jesus Cristo.
As imagens encontradas em um ramal das catacumbas de Santa Tecla, perto da Basílica de São Pedro, do lado de fora das muralhas da Roma antiga, foram pintadas no fim do século 4 ou início do século 5.
Descobertas foram anunciadas nesta terça-feira (22)Descobertas foram anunciadas nesta terça-feira (22) (Foto: Tony Gentile / Reuters)



Arqueólogos acreditam que essas imagens podem estar entre as que mais influenciaram os retratos feitos por artistas posteriores dos mais importantes entre os primeiros seguidores de Cristo.
“São as primeiras imagens que conhecemos dos rostos desses apóstolos”, disse o professor Fabrizio Bisconti, diretor de arqueologia das catacumbas de Roma, que pertencem ao Vaticano e são administradas por ele.
Os afrescos eram conhecidos, mas seus detalhes vieram à tona durante um projeto de restauração iniciado dois anos atrás e cujos resultados foram anunciados nesta terça-feira (22) em coletiva de imprensa.
Os ícones de rosto inteiro incluem as faces de São Pedro, Santo André e São João, que fizeram parte dos 12 apóstolos originais de Jesus, e São Paulo, que se tornou apóstolo após a morte de Cristo. 

Halleluya no Combate às Drogas


Fonte: Shalom
O Halleluya é o maior evento de artes integradas do estado. Neste sábado acontecerá o show de lançamento do evento que nesta edição espera um público de 800 mil pessoas.
O local escolhido para o show de lançamento é o aterro da praia de Iracema. A data, 26, é o dia mundial de combate ao uso de drogas. O Halleluya que tem como tema nesta edição A força que faz viver pretende conclamar a sociedade no desafio de esclarecer a juventude sobre as conseqüências do uso dos entorpecentes.
Para o show de lançamento foram convidados o cantor Cosme e a banda Missionário Shalom. Cosme, é querido pelo público por sua musicalidade irreverente e contagiante, além de sua história de vida. Ele foi um dos fundadores do Comando Vermelho. Hoje, é um evangelizador que testemunha sua transformação de vida e libertação do uso das drogas.
O Missionário Shalom atrai os jovens com o seu pop rock. Nas letras das canções motivações que ensinam à juventude a possibilidade de uma vida feliz e realizada apartada do mal. A banda, nascida em Fortaleza, promete levantar o público nas areias do aterro da praia de Iracema.
“O evento é mais uma das atividades de divulgação do Halleluya e acontece num dia muito significativo, o de
combate ao uso de drogas, mostrando, assim, o compromisso do Halleluya na promoção da dignidade do homem”, disse Tobias Cortez, coordenador da equipe de divulgação, do Halleluya.
O show de lançamento, assim como o Halleluya, é gratuito. Acontecerá a partir das 19h. Todo esquema de segurança está sendo montado para garantir tranqüilidade aos participantes além da infra-estrutura de lanchonetes e stands.
No local as pessoas poderão também conferir os trabalhos realizados pela comunidade Shalom na recuperação dos adictos às drogas além de ficarem por dentro de tudo que acontecerá no Halleluya – A força que faz viver.

Fique por dentro e Divulgue

Show de lançamento do Halleluya
Dia: Sábado, 26 de junho
Hora: Às 19h
Local: Aterro da praia de Iracema
Atrações: Cosme e Missionário Shalom

Entrada franca
Maiores informações: 8852 8952

VEJA O VIDEO DO SHOW DE LANÇAMENTO CLICANDO  AQUI

VEJA Vídeo de Divulgação do Halleluya  Clicando  AQUI

terça-feira, 22 de junho de 2010

"Mesmo o enfermo diga: Eu sou guerreiro"

Escolhi um bom dia pra escrever sobre a força de Deus, logo hoje que me encontro "recolhido" por causa de uma forte enxaqueca, mas isso não se compara as enormes lutas que muitos enfrentam com longos e dolorosos tratamentos das mais variadas enfermidades. Não tenho dúvidas que as palavras que seguem esse texto trarão um conforto e um novo vigor também para essas pessoas, por que são palavras meditadas da Palavra de Deus.



De onde vem essa força para que uma pessoa no auge de uma enfermidade, ou até mesmo no meio das angústias e tribulações, possa viveer como um "guerreiro"?



Creio que provenha desta perspectiva: "E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado"(Rm 5,5). A esperança não engana! Só Deus não engana! Pois só Ele é Luz e não tem treva alguma (Cf. I Jo 1,5). Então N'ele podemos esperar, confiar. E a promessa é grande para quem confia no Senhor: "Mas aqueles que contam com o Senhor renovam as suas forças; ele dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão pra frente sem se fatigar"(Is 40,31). Lembre-se: Deus não engana, só Ele pode nos dar uma esperança que não engana, por que só Ele é capaz de realizar tudo o que diz.

Rede Nacional de Intercessão - Junho de 2010

“Proclama a Palavra, anuncia a Boa Notícia!” (cf. 2 Tim 4,1-5)


Ao ter encerrado, no mês passado, os quatro passos da leitura orante da palavra de Deus e com o encerramento, neste mês, do ano sacerdotal (dia 19 de junho), vamos intensificar nossas orações pelas vocações sacerdotais. Clamemos ao Sagrado Coração de Jesus, sua misericórdia e compaixão pelos seus representantes e responsáveis por fazê-Lo presente nos sacramentos, em especial na Eucaristia.
Rendamos ações de graça pelos sacerdotes. Eles se fazem presentes desde o nosso ingresso na vida de filhos de Deus, pelo sacramento do batismo, passando pelo alimento espiritual da Palavra e da Sagrada Eucaristia, até o momento em que preparam nossa alma para comparecer diante de Deus (unção dos enfermos).
Que seu amor a Cristo por meio de seu Corpo, a Igreja, leve-os a testemunhar a unidade, através da comunhão com seu Bispo, entre eles próprios (clero) e com os leigos.
Intensifiquemos nossa intercessão e estejamos presentes para um grande derramamento do Espírito Santo durante o Congresso Nacional da RCC que acontecerá de 14 a 18 de julho em Belo Horizonte (MG).

Intenções Permanentes

- Pelo Santo Padre, o Papa Bento XVI, pelos bispos, sacerdotes, diáconos e religiosos (as), pelos seminaristas, para que neste período de formação sintam seu chamado confirmado;
- Pelo Presidente da Renovação Carismática Católica, Marcos Volcan. Pela unidade da RCC em todo Brasil, estados, Grupos de Oração, equipes de serviço e núcleos e com as diversas expressões carismáticas;
- Pelo Serviço Internacional da RCC (ICCRS) prestado por seus membros e pelo Conselho Latino-Americano (CONCCLAT), para que o Espírito Santo dirija os projetos e orientações do nosso movimento;
- Pelo Programas de TV da RCC: Na Canção Nova – Celebrando Pentecostes e Renovação em Ação na TV Século 21. Pelo Portal da RCC na Internet;
- Pelos Projetos de evangelização, entre eles: Celebrando Pentecostes e Missão Marajó. Veículos de Comunicação. Por todos os colaboradores do projeto Eu amo a RCC e Semeando a Cultura de Pentecostes;
- Pela construção de nossa Sede Nacional;
- Pelos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, para que objetivem os valores cristãos e respeito à vida desde sua concepção, nas tomadas de decisão.


Vicente Gomes de Souza Neto
Coordenador Nacional do Ministério de Intercessão na RCC

A catequese de Jesus sobre o Espírito Santo

Por RCC Brasil

Neste espaço de formação estamos abordando as reflexões catequéticas elaboradas por Reinaldo Beserra dos Reis para a Novena de Pentecostes. A cada semana, apresentaremos a reflexão catequética correspondente a um dia da novena.
Jesus Cristo é o portador definitivo das boas novas da Revelação. Anuncia-nos com autoridade que Deus é Pai, que Ele e o Pai são um e que o Espírito Santo é o “outro Paráclito” que haveria de vir para dar testemunho dele.
Nos capítulos 14, 15 e 16 do Evangelho de São João, especialmente, Jesus expõe aos seus discípulos uma nova e esclarecedora catequese sobre o Espírito Santo. Refere-se a Ele, pela primeira vez, como a alguém, como a uma Pessoa. Explica-nos o novo modo como essa Pessoa Divina estará em nosso meio, e qual a essência de sua missão: estará conosco eternamente; e não só conosco, mas em nós (Jo 4, 15-17); ensinar-nos-á todas as coisas e nos recordará tudo o que Jesus nos disse (Jo 14,26); dará testemunho, não de Si mesmo, mas de Jesus (Jo 15,26); e que - era verdade-convinha a nós que Ele (Jesus) voltasse para o Pai, porque, assim, o Espírito viria para estar conosco e nos convenceria a respeito do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16, 7-8); e que Ele nos conduziria à completa verdade, pois não falaria de Si mesmo, mas tomaria daquilo que ouvira do próprio Cristo, e o glorificaria! (Jo 16, 13-14).
Antes de sua ascensão, Jesus ainda nos fará outras revelações a respeito da Pessoa do Espírito Santo. Mas, daquilo que já disse até aqui, podemos compreender com mais clareza que:
a - O Espírito Santo é uma Pessoa; misteriosa, divina, mas uma Pessoa;
b - é necessária a Sua vinda para a continuação da obra da salvação iniciada por Jesus, sobre quem Ele testemunhará;
c - não estará mais apenas conosco, mas em nós;
d - e não por pouco tempo, mas eternamente;
e- por Ele teremos acesso à verdade sobre o Cristo, de quem Ele recordará eternamente as palavras e os feitos...
Além dessas novidades apontadas por Jesus a respeito do novo modo de O Espírito Santo estar presente entre nós após a sua partida, temos um outro elemento que é de fato fundamental para o entendimento do significado de Pentecostes. E um dos textos-chave para esse entendimento é o que nos oferece o Evangelho de João no seu capítulo 7, versículos de 37 a 39, quando diz: “No último dia, que é o principal dia de festa, estava Jesus de pé e clamava: ‘Se alguém tiver sede,venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura: Do seu interior manarão rios de água viva’ (Zc 14, 8; Is 58, 11). Dizia isso, referindo-se aos que cressem nele, pois ainda não fora dado o Espírito, visto que Jesus ainda não tinha sido glorificado.”

(BESERRA DOS REIS, Reinaldo. Celebrando Pentecostes: fundamentação e novena. Editora RCC BRASIL. Porto Alegre-RS)

segunda-feira, 21 de junho de 2010

CONSAGRA-TE AO TEU MINISTÉRIO

James Apolinário- Ministério de Pregação –R.C.C. Fortaleza
Fonte: RCC Fortaleza 

“Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e importunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir. Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério.” 2tm 4,1-5




É fascinante o quanto São Paulo, esse notável homem de Tarso, ao qual o Papa Bento XVI nesse ano de 2008 que celebramos o jubileu de 2000 anos de nascimento, devidamente dedicou um ano para homenageá-lo, chegou a crer acerca da pessoa e obra de Cristo, e de outros assuntos cruciais para a fé cristã. As cartas procedentes de sua pena, preservadas no Novo Testamento, dão eloqüente testemunho da paixão e suas convicções como também do poder de sua lógica no tocante à suas convicções e anúncio efusivo do Cristo por vida e obras.

Bispos dão assistência espiritual aos torcedores na Copa da África do Sul

Roma, 21 Jun. 10 / 01:35 pm (ACI).- A Conferência episcopa sul africana, Southern African Catholic Bishops' Conference (SACBC), deu a conhecer as diferentes iniciativas apostólicas que realiza para assistir espiritualmente os torcedores dos países que disputam o Mundial África do Sul 2010 e que viajaram ao continente africano para animar a sua seleção.



Conforme assinala a agência vaticana Fides, entre as iniciativas, a SACBC lançou um especial de internet (em inglês) e distribui "um folheto especial de oração e para a liturgia (World Cup prayer and liturgy book) a cada aficionado que o solicita".

Tentam assassinar sacerdote durante Missa no Chile.

O Arcebispo de Porto Montt (Chile), Dom Cristián Caro Cordeiro, assinalou que o Pe. Francisco Núñez da localidade de Calbuco, se recupera estavelmente depois da operação à qual teve que ser submetido logo do ataque que sofreu por uma arma branca no pescoço enquanto distribuía a Eucaristia em uma missa na sexta-feira 18 de junho. O prelado reza pelo agressor e expressa sua solidariedade aos amigos e familiares do presbítero.
O Arcebispo indicou ademais que o Pe. Núñez “recupera-se no Hospital Base de Porto Montt, enquanto o agressor foi formalizado esta manhã no Tribunal de Garantia de Calbuco, onde se ditou a ampliação do prazo de detenção até a próxima segunda-feira 21 de junho”.

Cantor Fábio Jr. terminou seu sexto casamento porque sua esposa teria se convertido evangélica.

A conversão de Mari Alexandre à igreja evangélica teria sido o motivo do fim do casamento entre a modelo e o cantor Fábio Jr. Um amigo da família de Mari contou a QUEM nesta sexta-feira (18) que o estopim da crise teria sido quando ela decidiu se batizar na religião.
“Quando ela disse que iria se batizar, Fábio falou que o casamento iria acabar. Ela respondeu que não teria problema porque essa era a vontade de Deus”, afirmou uma fonte a QUEM. “Uma bispa passou a frequentar a casa deles e Mari estava dando muita ajuda financeira à igreja. Acredito que isso possa ter agravado a crise”, completou. De acordo com um amigo próximo à família de Mari, ela teria se convertido há cerca de seis meses e, desde então, “coloca Deus e a igreja em primeiro lugar e fala que a vida está muito mais tranquila”.
O fim do casamento foi confirmado à imprensa na quinta-feira (17), por meio de um comunicado enviado pela assessoria do cantor. Ele contou que está morando na casa dos filhos.
Mari Alexandre continua morando na mansão de Fábio em Alphaville (SP) com o filho, Záion, de 1 ano e 3 meses. A mãe da modelo se mudou de Santa Catarina para São Paulo há cerca de um mês, quando o casamento chegou ao fim. “Ela foi dar um apoio. Mari vai sair da casa em que está e se mudará para outra, também em Alphaville”, afirmou a fonte. Para comprar o novo imóvel, a modelo vendeu seu apartamento de solteira, localizado em um bairro da Zona Norte, na cidade de São Paulo.
Fábio e Mari se casaram em setembro de 2007, em uma discreta cerimônia na casa do cantor. Como o cantor já havia feito vasectomia antes da união, a modelo precisou submeter-se à fertilização in vitro para engravidar.
O casamento com Mari foi o sexto de Fábio. O cantor já havia se casado com Tereza de Paiva (de 1976 a 1979), Glória Pires (de 1979 a 1983), Cristina Karthalian (de 1986 a 1990), Guilhermina Guinle (de 1992 a 1997) e Patrícia de Sabrit (de janeiro de 2001 a junho de 2000). Além do pequeno Záion, ele é pai de Cleo Pires, Tainá Galvão, Krizia Galvão e Fiuk.

Fonte: Gospel +

Edir Macedo venderá Rede Record?

Já escrevi no blog que Deus não é capitalista, sua relação para conosco é de amor gratuidade e benevolência. Entre os cristãos tem se espalhado uma erva daninha chamada de teoria (recuso-me a chamar de teologia) da prosperidade que prega o diálogo com Deus como com um gerente.
Nesta teoria Deus me atende,apenas, segundo minha doação financeira. Quanto mais eu me desfizer de meus bens para a Igreja, mais Deus me abençoará.A Igreja Universal do Reino de Deus depois da fase dos supostos exorcismos, onde se podia assitir com constância satanás concedendo entrevista na TV em sua programação da madrugada, agora investe nesta teoria. E o resultado parece que deu certo.
O período de engorda financeira da IURD é durante a fogueira santa de Israel, uma campanha na qual os seguidores da denominação são estimulados a darem tudo o que têm à Igreja na promessa de que Deus restituirá tudo em dobro.

domingo, 20 de junho de 2010

Novos testemunhos

Milagre, pela intercessão de Maria, reconhecido pela Igreja e pela Ciência.

A descrição de um dos mais recentes milagres de Lourdes oficialmente reconhecido pela Igreja chega até nós com detalhes que arrepiam, comovem e inspiram uma reflexão.


Em 1987, Jean-Pierre Bély era um paraplégico em fase terminal. Hoje esbanja saúde. Ele descreveu sua miraculosa cura nos mínimos detalhes, com uma singeleza tocante.
Bély mora em La Couronne, perto de Angoulême, no interior da França. Na entrada da sua casa, uma gruta de Lourdes em miniatura recebe o visitante.

A mobília é discreta e tradicional, típica da pequena burguesia provinciana. Há uma imagem de Nossa Senhora e duas fotos: uma de Santa Bernadette e outra de Santa Teresinha. Tudo está arranjado despretensiosamente.

O ambiente nada tem de comum com o de místicos, visionários, ou alumbrados, os quais, infelizmente, não são poucos nestes conturbados dias de falsas aparições, pretensos prodígios e pseudo-revelações.

LEIA O RESTANTE CLICANDO >>>>AQUI

Conversão do “Rei do aborto”, Bernard Nathanson.


O quê pode levar um poderoso e reconhecido médico abortista a converter-se em um forte defensor da vida e abraçar os ensinamentos de Jesus Cristo?

Pode que tenha sido o peso de sua consciência pela morte de 60 mil nascituros ou talvez as muitas orações de todos aqueles que rogaram incessantemente por sua conversão?
Segundo Bernard Nathanson, o famoso “rei do aborto”, sua conversão ao catolicismo resultaria inconcebível sem as orações que muitas pessoas elevaram a Deus pedindo por ele. “Estou totalmente convencido de que as suas preces foram escutadas por Ele”, indicou emocionado Nathanson no dia em que o Arcebispo de Nova York, o falecido Cardeal O’Connor, o batizou.

LEIA O RESTANTE CLICANDO >>>>AQUI

Descobertas surpreendentes da botânica no Santo Sudário.

Vem de se concluir a veneração extraordinária do Santo Sudário de Turim.
Mais de dois milhões de pessoas inscreveram-se para poder ver mais de perto a comovedora e augusta relíquia do Redentor.
Um número dificilmente calculável foi venerá-la desde a nave central da catedral de Turim, inteiramente aberta aos fiéis.
A ocasião deu oportunidade para cientistas e estudiosos divulgarem novos trabalhos sobre o sudário que envolveu o corpo de Cristo crucificado.





Santo Sudário, Turim, exposição em 2010



Entre eles, escreveu “L’Osservatore Romano”, figura o Professor Avinoam Danin, catedrático emérito do Departamento de Evolução sistemática e Ecologia da Universidade Hebraica de Jerusalém. Seu livro intitula-se “Botânica do Sudário. História das imagens florais no Santo Sudário de Turim (“Botany of the Shroud: The Story of Floral Images on the Shroud of Turin”, Jerusalém, Danin Publishing, 2010, 104 páginas).
Nele, o Prof. Danin sustenta que centenas de imagens de plantas ficaram impressas no tecido. Estas imagens contribuem para determinar onde e quando as flores originais foram postas em contato com o Sudário.

DEUS É FIEL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTE N°