VEJA NOSSOS ÁLBUNS DE FOTOS NO NOSSO FACEBOOK: facebook.com/gruporenascercamocim

sábado, 7 de novembro de 2009

Espiritualidade

O grande valor da comunhão espiritual




A Igreja convida os divorciados recasados a unir-se a Cristo

A comunhão espiritual é um ato de desejo interior, consciencioso e sério, de receber a Sagrada Comunhão e, mais especificamente, de se unir ao Senhor. Ela pode ser feita por palavras ou por pensamentos interiores que nos levam a uma íntima união com Cristo, e Jesus não deixará de nos conceder as suas copiosas bênçãos.



Nos dias de hoje, pode-se fazer, com frequência, a comunhão espiritual como desejo de maior união e intimidade com Deus ao longo dos dias da nossa vida. Ela é e pode ser o único meio de união e intimidade com Deus para quem, por exemplo, não guardou uma hora de jejum eucarístico, vive numa situação de irregularidade perante a Igreja ou pratica outra religião.



A comunhão espiritual é o caminho para as pessoas que não podem recebê-la sacramentalmente na Missa, mas podem recebê-la espriritualmente na hora santa, ao entrar em uma igreja, quando estiver em casa ou no trabalho, ou nas situações de dificuldade pelas quais se passa na vida. Senhor, que de Vós jamais me aparte (Jo 6,35), pois, Quem come deste pão viverá eternamente (Jo 6,58).

Formação

TODAS AS RELIGIÕES SÃO BOAS?

 Fico impressionado, ao ver um simples mortal ousar fundar uma religião ou uma igreja. Parece até uma brincadeira. Com que autoridade? Com que direito? Com que credenciais? Só mesmo a ignorância ou a soberba humana pode explicar isto.


Os fundadores de “religiões” são homens, cheios de iluminismo, exibicionismo, messianismo, as vezes até charlatanismo... Somente a Igreja Católica foi fundada por Deus.

Depois que Jesus desceu dos céus, provou que era Deus, imolou-se numa cruz, fundou a Igreja Católica, como pode alguém ousar fazer algo diferente?

Já no sermão da montanha, Jesus os chamou de “falsos profetas e lobos vorazes” (Mt 7, 15).

“Guardai-vos dos falsos profetas, eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas são lobos arrebatadores.” (Mt 7,15).

COORDENAÇÃO DA RCC CAMOCIM REALIZA RETIRO PARA AVALIAÇÃO DA CAMINHADA


fonte : rcccamocim.blogspot.com/
O Conselho de Coordenação Paroquial da Renovação Carismática Católica de Camocim está reunido neste final de semana (dias 06, 07, e 08 de novembro de 2009) no Centro de Treinamento São José, na cidade de Tianguá. As lideranças do movimento estão em retiro para avaliar as atividades desenvolvidas no ano de 2009 e planejar a caminhada para o ano de 2010.


Testemunhando comunhão com a RCC a nível nacional, a Coordenação discerniu, para este retiro, adotar o tema "Proclama a Palavra; Anuncia a Boa Notícia!" (tema definido para a caminhada da RCC Brasil em 2010). Na programação do retiro constam momentos de oração, louvor, pregação, deserto e fraternidade, destacando a presença da Coordenadora Diocesana da RCC (Diocese de Tianguá), Lucivanda Fontenele, responsável por abordar a formação "Liderança em Serviço na RCC".

Dos 18 membros do Conselho de Coordenação Paroquial, 14 estão presentes no referido encontro, procurando colocar-se à disposição do Senhor da Messe, para assumirem mais efetivamente a condição de discípulos missionários, visando fortalecer o movimento carismático, bem como o testemunho de serviço e de comunhão com a Igreja do Senhor.

"Proclama a Palavra, insiste oportuna e inoportunamente, convence, repreende, exorta, com toda a paciência e com a preocupação de ensinar. Tu, porém, vigia em tudo, suporta as provações, faze o trabalho de um evangelista, desempenha bem o teu ministério." (2 Tm 4, 2. 5)


sexta-feira, 6 de novembro de 2009

/ Juventude /

Um exército de 10 mil jovens “Sentinelas da manhã”




Uma multidão de jovens deixou o pavilhão de Carapina em Serra/ES, no último domingo (1), ao terminar o Encontro Nacional de Jovens 2009 (ENJ). Uma diversa programação marcou os três dias em que o Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica do Brasil se reuniu para conduzir a juventude a novas experiências com o Espírito Santo sob o Senhorio de Jesus.


Com mais de 10 mil participantes, vindos de 24 estados do Brasil, o ENJ foi marcado por sete pregações, shows e diversos momentos de oração inspirados no tema “Sentinelas da manhã, apóstolos da efusão do Espírito Santo”.

As presenças do Arcebispo de Vitória/ES, Dom Luis Mancilha, do presidente do Conselho Nacional da RCC, Marcos Volcan e a mensagem enviada pelo padre Carlos Sávio, assessor nacional do Setor Juventude da CNBB, mostram a abrangência do Encontro nas diversas realidades da Igreja.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O MAL QUE FAZEM AS NOVELAS

É meu amigo e meu irmão! Satanás sabe que lhe resta pouco tempo (Ap 12,12) e por isso mesmo tem seduzido muitas pessoas com as novelas com as quais ele produz e que estão passando na telinha. As pessoas estão tão “abestalhadas” que toda novela das 8 tornas-se ibope. Ele é o pai da mentira e sedutor do mundo inteiro (Jo 8,44), por tanto, especialista em enganar as pessoas. De fato, assim como fez com Eva dizendo que não havia problema ao comer do fruto proibido (Gn 3, 2-5), ele faz o mesmo ao fazerem os cristãos ficarem viciados nas novelas.

A importância de se cultivar o bom-humor


Apresentaremos aqui as moções proféticas dadas, pelo Senhor, à RCC. Os textos são organizados pela secretária-geral do Conselho Nacional, Beatriz S. Vargas e serão retirados do site www.rccbrasil.org.br


Através dessa passagem do livro do Eclesiástico que foi dada à Renovação do Brasil, durante o primeiro Encontro de Formação pra Coordenadores, em São Paulo, em março de 2007, o Senhor nos pedia que cultivássemos o bom humor e a alegria de viver, nos pedia um rosto alegre e a prática do sorriso. Ele nos dizia, ainda, que queria despertar em nós ( porque estava adormecida) a esperança, a capacidade de sonhar, a alegria e o entusiasmo pelas coisas que fazem parte de nossa vida, colocando beleza no nosso coração para que possamos sorrir e retirar a “carranca” e a murmuração de nosso viver diário. A confirmação nos veio em forma de palavra de sabedoria:

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

SERIE ESTUDO BÍBLICO

QUAIS SÃO AS SUAS MOTIVAÇÕES PARA SERVIR À DEUS?

Texto Base:
At.16:25 e 26; 5:40 e 41; 20:22-27


1 - Em que está baseada a sua fé e de que você depende para adorar, louvar e até mesmo servir á Deus?

- Satisfação dos desejos do seu coração.

- De circunstâncias.

- Manifestações.

Se você depende de algum dos itens citados acima ou de algo mais, então leia os exemplos bíblicos citados acima.


- Aparentemente em nenhuma das circunstâncias eles tinham motivos para louvar e cantar, mas ainda assim se sentiam honrados pelo motivo o qual estavam presos ou até mesmo pronto para prosseguir sem nada temer como no caso de Paulo.

Moções Proféticas

Lealdade
Fonte: RCCBrasil


Regra de Comportamento nos Relacionamentos (parte I)


“Perdendo a justa noção das coisas, desviaram os olhos para não mais ver o céu e não ter mais presente no espírito a verdadeira regra de comportamento” (Daniel 13, 9)

Rezávamos pedindo ao Senhor qual era a conversão que Ele esperava de nós. Ele nos deu uma palavra: LEALDADE! Em seguida, veio a confirmação na Palavra: II Coríntios 4, 1-2: “Afastamos de nós todo procedimento fingido e vergonhoso. Não andamos com astúcia, nem falsificamos a palavra de Deus. Pela manifestação da verdade nós nos recomendamos à consciência de todos os homens, diante de Deus.”

terça-feira, 3 de novembro de 2009

O SEU OUVIDO É PINICO? E O SEU CORPO É TAMBOR DE LIXO?

texto:Cássio José (coord. Grupo Renascer)
É meu caro, estamos vivendo num mundo muito barulhento: carros voando com alta velocidade, muitos deles trazendo barulhos de som muito alto e desrespeitando muitas vezes as leis e as pessoas que estão perto, muito barulho de motos, pessoas com objetos na mão, no centro da cidade encontramos propaganda de todo tipo e com, também, toda uma altura desnecessária e o pior é que quando se tem festas na cidade as ruas ficam uma verdadeira bagunça quando a ordem do silêncio que deveria acontecer.


Mas não é disso que estou falando. Embora vivendo num mundo barulhento, se cada um quisesse, ainda teríamos paz. Isso é um fato!

QUEM É ESSE HOMEM QUE ATÉ OS VENTOS E O MAR O OBECECEM?

texto: Cássio José (cassiouab@hotmail.com)



Essa foi a pergunta que alguns discípulos fizeram quando passaram pela experiência de numa noite no alto mar, a léguas de distância da costa enfrentaram uma tremenda tempestade.


Quando Jesus havia subido com seus discípulos a uma barca, ele pôs-se a dormir na popa, deitado sobre um travesseiro. Lá atrás. Com certeza estava cansado. Afinal de contas o dia de Jesus era sempre muito puxado: logo de manhã ensinava no templo, além de ir pras sinagogas e ensinar as multidões tanto nos desertos ou nos montes de Jerusalém além de muitos outros lugares que o Espírito Santo lhe ordenava; passava as madrugadas conversando com o Pai nos desertos ou nos montes (E é por que era o Filho de Deus, Salvador e Messias, além de Deus, claro!); tanto no pôr-do-sol e no amanhecer curava toda espécie de doença e expulsava muitos demônios; milagres, prodígios e sinais ele os fazia a todo instante; muitas pessoas não o deixavam em paz por reconhecerem ser um grande profeta; em muitas situações do dia-a-dia era posto em prova pelos pela raça da turma do encardido: fariseus, doutores da Lei, herodianos, escribas, saduceus... além de todos o dias preparar os seus apóstolos ministrando ensinamentos de todo jeito e de espécie de toda doutrina... Isso não é nada! Basta ler os quatro Evangelhos para ver como Jesus era recheado de atividades do Reino de Deus. E olhe que ele dava conta de fazer tudo direitinho e deixava tudo nos eixos.

FOI APENAS UM OLHAR!

texto: Cássio José Coord. do Grupo Renascer

Era num daqueles dias difíceis! Na verdade, toda a sua vida foi uma vida difícil. Buscava um amor perfeito. Não encontrava. Foi então obrigada a fazer o que talvez fosse a única opção: prostituir-se. Porém, para o seu desespero maior, fora pega em adultério e levada para um homem que estava ensinando no templo de Jerusalém: Jesus de Nazaré! Fora apanhada em adultério por escribas e fariseus, que com certeza depois de muito abusá-la, tinham o desejo de vê-la morta sendo apedrejada diante de toda uma multidão que ouvia a pregação de Jesus Cristo no templo de Jerusalém. Não tinha mais esperança. A final de contas, quando fora apresentada pra Jesus de uma maneira trágica, cruel, desumana e injusta passou vergonha diante de toda uma platéia que já ia pegar pedras para apedrejá-la. Porém, por trás de tudo isso tinha o dedo do encardido: O aproveitamento dessa situação era somente para provar Jesus diante da Lei judaica. Aquele grupo de homens-raposas e filhos de Satanás pouco se importava com aquela pobre mulher. O que eles queriam ver na realidade era um espetáculo logo ali do templo de Jerusalém para testar Jesus Cristo.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Igreja

Em que sentido celebramos os mortos?
Padre Luizinho

Cristo esperança de todos os que crêem, ao dizer: O nosso amigo Lázaro dorme (Jo 11,11), chama adormecidos e não mortos os que partem deste mundo.

Também o santo Apostolo Paulo não quer que entristeçamos a respeito dos que já adormeceram, porque a fé assegura que todos os que crêem no Cristo, segundo a Palavra do Evangelho, não morrerão para sempre. Sabemos, pela fé, que ele não está morto e nós também não morreremos. Com efeito, à voz do arcanjo e ao som da trombeta divina, descerá do céu e os que nele tiverem morrido ressuscitarão (cf.1Ts 4,16).

domingo, 1 de novembro de 2009

Espiritualidade

Dia de todos os Santos


Alguns acham que é o dia de santos que nunca existiram como são nunca, etc, não é nada disso.


Essa celebração teve origem em Antioquia no Oriente no século IV, e foi introduzida no Ocidente em Roma no século VI.

Várias foram às razões para realizar essa festa: resgatar a lembrança daqueles cujos nomes foram omitidos por falta de documentos e que somente são conhecidos por Deus, alcançar, por sua intercessão, as graças de que necessitamos e ter sempre presente esses modelos de conduta, a fim de imitá-los.